Conecte-se connosco

Mundo

Brasil aprova registo definitivo da vacina da Janssen

Publicado

em

 A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), órgão responsável pela vigilância sanitária e aprovação de medicamentos no Brasil, anunciou hoje que aprovou o registo definitivo da vacina contra a covid-19 desenvolvida pela Janssen.

A vacina já estava aprovada para uso emergencial desde 31 de março de 2021 no país sul-americano.

Segundo a Anvisa, “além de contemplar a imunização primária, o registo inclui a aprovação da dose de reforço”.

Indicada no Brasil para imunização ativa para prevenir a covid-19 causada pelo vírus SARS-CoV-2 em pessoas com 18 anos de idade ou mais, a vacina da Janssen é baseada em um vetor de adenovírus sorotipo 26 (Ad26.COV2.S).

O imunizante é aplicado em dose única de 0,5 ml para imunização primária e uma dose de reforço pode ser administrada pelo menos dois meses após a primeira dose.

A vacina da Janssen também pode ser administrada como uma dose de reforço de vacina diferente para pessoas que concluíram a vacinação primária com uma vacina de tecnologia mRNA.

Atualmente, a única vacina de mRNA aprovada no Brasil é a vacina da Pfizer.

 O Brasil é um dos países mais afetados pela pandemia no mundo registando o segundo maior número de mortes, atrás apenas dos Estados Unidos, e o terceiro lugar no que se refere a conformação de casos, atrás dos Estados Unidos e da Índia.

Desde a chegada da covid-19 ao país, em fevereiro de 2020, o Brasil registou 660.312 mortes e mais de 30 milhões de infeções provocadas pela doença.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade