Conecte-se connosco

Brasfemes exige mais e melhores transportes

Publicado

em

O munícipe José Neves esteve na última sessão do executivo municipal para questionar a Câmara sobre o serviço de transportes na freguesia de Brasfemes.

josé neves

José Neves lamenta que os SMTUC não tenham viaturas e motoristas suficientes para efectuar um bom serviço de transportes e não assegurem o serviço em toda a freguesia de Brasfemes.

Ao usar da palavra no período aberto aos cidadãos do concelho, José Neves questionou ainda os valores praticados pela operadora TRANSDEV, que considera exagerados, ao ponto de uma viagem de autocarro ficar mais cara do que uma deslocação em transporte particular.

Rosa Reis Marques, que é Vice-Presidente da Câmara e Administradora dos SMTUC, disse a José Neves que até 2019, data em que expira a concessão da TRANSDEV, a autarquia não pode fazer muito mais e aproveitou para explicar como funciona o sistema de passes combinados.

A autarca recordou que os SMUTC estão a envidar esforços para reforçar a oferta no concelho de Coimbra e que ainda este mês vão entrar ao serviço mais 18 motoristas.

Manuel Machado, Presidente da Câmara Municipal de Coimbra, revelou que há negociações com as concessionárias, que este problema é delicado, que agora não deve ser posto em causa as concessões,  tendo adiantando que este tipo de questões estão a ser tratadas no âmbito da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra.

O edil acrescentou que, quando entrar em funcionamento o Metrobus do Sistema de Mobilidade do Mondego, o município vai ficar com mais disponibilidade de frota, o que permitirá a criação de novas rotas e o reforço das existentes.

Antes de terminar a sua intervenção, José Neves lembrou que a TRANSDEV assegura cada vez menos carreiras e que o serviço da rodoviária tem diminuído de qualidade.

Temos os SMTUC tão próximos, estamos rodeados pelos SMTUC, mas os SMTUC não vão  a Brasfemes, conclui José Neves.

Ouça tudo o que foi dito por José Neves, Manuel Machado e Rosa Reis Marques:

Em 2016, 737 subscritores reivindicaram “a operacionalização dos SMTUC” no percurso entre Brasfemes e Coimbra.

A promotora do abaixo-assinado, Vitália Santos, deu conhecimento do problema à Câmara Municipal de Coimbra, Junta de Freguesia de Brasfemes, Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, Instituto da Mobilidade e dos Transportes  e Autoridade da Mobilidade e dos Transportes.

Apesar de terem conseguido reunir com os SMTUC, os moradores em Brasfemes não conseguiram conquistar o que almejam desde o inicio do século.

Recordamos que José Neves concorre à Presidência da Junta de Freguesia de Brasfemes pela Coligação Mais Coimbra – PSD/CDS/PPM/MPT.

Definiu como primeira prioridade da sua candidatura a questão dos transportes públicos na freguesia de Brasfemes.  Exige que os SMTUC assumam uma correcta cobertura da freguesia. “Um habitante de Brasfemes tem o direito de exigir custos de transportes em igualdade com as restantes freguesias do concelho”, salienta o candidato que deseja destronar os socialistas da cadeira do poder local.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com