Conecte-se connosco

Coimbra

Bombeiros de Brasfemes fizeram parto em casa

Publicado

em

O pequeno Martim veio ao mundo e a mãe nem precisou de sair de casa, no Bairro de Santa Apolónia, em Coimbra. O parto foi feito por dois elementos dos Bombeiros Voluntários de Brasfemes e outros dois da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Hospital da Universidade de Coimbra, esta madrugada. 

O alerta foi dado às 05:30 para uma grávida, de 36 anos, em trabalho de parto. “Foi um trabalho de equipa, nós e a VMER chegámos praticamente ao mesmo tempo”, contou esta manhã ao Notícias de Coimbra Maria Marques, bombeira da corporação de Brasfemes e enfermeira, que foi acionada para a ocorrência juntamente com o bombeiro Bruno Travassos. 

De imediato se deu conta que já não havia tempo para levar a mãe para a maternidade. “A mãe colaborou muito e fez o trabalho quase todo. A natureza preparou-a para o fazer”, diz a bombeira. O irmão do pequeno Martim e o pai também estiveram presentes e tudo “correu bem”.

“É um sentimento muito bom, presenciar o milagre da vida é algo extraordinário”, garante Maria Marques, que apesar de contar com 23 anos de profissão, nunca tinha vivido nada assim. “Mesmo sendo profissional de saúde, há muito que ansiava por um momento destes. E quando corre tudo bem, não há dinheiro que pague este sentimento”, revela.

Também para Bruno Travassos, bombeiro há cerca de cinco anos, esta foi a primeira vez. “O médico e o enfermeiro da VMER transmitiram-nos muita segurança, sabíamos o que tínhamos de fazer e estivemos sempre muito concentrados nas nossas ações”, descreve Maria Marques que já ganhou o dia. “Se saísse hoje dos bombeiros, saía feliz com esta imagem”, assevera.

O bebé e a mãe foram transportados para a Maternidade Bissaya Barreto e estão bem. 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com