Conecte-se connosco

Região

Bilhete conjunto para Universidade de Coimbra e Museu PO.RO.S

Publicado

em

Um “bilhete conjunto” criado ao abrigo de um protocolo celebrado hoje, em Condeixa-a-Nova, vai permitir visitas a preços mais acessíveis ao Museu Portugal Romano em Sicó (PO.RO.S) e à Universidade de Coimbra (UC).

A Câmara de Condeixa-a-Nova assinalou hoje o quinto aniversário do PO.RO.S, dando início à colaboração com a UC no domínio da promoção turística, que fixa os termos em que é adotado o “bilhete conjunto” para visitas a este museu municipal e a valências da mais antiga universidade portuguesa, como a Biblioteca Joanina, a Capela de São Miguel, a Prisão Académica e o Paço Real.

O ingresso ao conjunto destes locais passa a ser possível “em condições mais favoráveis” para os visitantes, segundo o protocolo.

Com a colaboração entre a Universidade de Coimbra e a autarquia de Condeixa, a menos de 15 quilómetros de distância da capital do distrito, as duas entidades pretendem “criar sinergias” na promoção de objetivos comuns, salientou o reitor da instituição de ensino superior, Amílcar Falcão.

“Este é um caminho que devemos seguir em várias áreas com os municípios que integram a Comunidade Intermunicipal (CIM) da Região de Coimbra”, defendeu.

Tendo em conta que a UC “é um polo muito grande de turismo na região”, com meio milhão de visitantes por ano, “todos ganhamos com isso”, apostando “numa oferta mais diversificada que envolva o território”, afirmou o reitor.

“Esta é uma forma de valorizarmos a região e de darmos ainda mais vida ao Museu PO.RO.S”, acrescentou Amílcar Falcão.

Para o presidente da Câmara de Condeixa-a-Nova, Nuno Moita, “é uma mais-valia imensa” o protocolo celebrado com a Universidade.

“Noutro lugar, este museu teria muito mais visitação”, admitiu o autarca.

Nuno Moita, que é também membro do Conselho Geral da Universidade de Coimbra, disse que, desde a sua abertura, há cinco anos, o PO.RO.S registou a visita de 55 mil pessoas.

Porém, a procura foi prejudicada pelas restrições associadas à pandemia da covid-19, nos últimos dois anos, sendo previsível que os índices de visitação venham a aumentar no futuro próximo, de acordo com a expectativa do presidente da Câmara.

Inaugurado em 06 de maio de 2017, o PO.RO.S, que tem Ana Carina Valadas como coordenadora, proporciona aos visitantes “uma experiência inovadora e interativa que convida a redescobrir o Império Romano e o imponente património arqueológico de Conímbriga”.

Em espaço adjacente às escavações da antiga cidade romana, junto à povoação de Condeixa-a-Velha, funciona o Museu Monográfico de Conímbriga, que tem atualmente o estatuto de Museu Nacional.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com