Conecte-se connosco

Desporto

Bernardo Silva diz que derrotas no passado serviram para aprender

Publicado

em

O futebolista Bernardo Silva disse hoje que Portugal aprendeu com as derrotas que teve no passado, de forma a não cometer os mesmos erros no Mundial2022, e desvalorizou, por outro lado, o facto de fazer menos golos e assistências.

“O que acho é que as derrotas que tivemos no passado serviram para aprender e para tentar não cometer os mesmos erros. Aquilo que vi neste primeiro jogo contra o Gana, como também contra a Nigéria, foi uma seleção portuguesa que tem conseguido controlar os momentos do jogo, que não aconteceu contra Sérvia [na última jornada da fase de apuramento]”, começou por dizer o jogador dos ingleses do Manchester City, à comunicação social.

Um dos indiscutíveis para o selecionador luso falava em conferência de imprensa, na antevisão ao duelo com os uruguaios, no Centro Nacional de Congressos do Qatar, em Doha, onde explicou que a sua prioridade é o coletivo.

“Tento responder dentro de campo ao que o jogo pede. Se sinto que a minha equipa precisa mais de mim para dar apoio aos centrais para sair a jogar, eu faço. Se este jogo com o Uruguai me pedir coisas diferentes, eu vou fazer. Fiquei satisfeito com a minha exibição contra o Gana e nos momentos em que a equipa precisou, eu acho que estive lá”, argumentou.

Depois, deixou claro que “é pouco relevante” se faz “menos ‘cabritos’, fintas, golos e assistências”, visto que quer “é que a seleção ganhe”.

No dia de hoje foi relevado que Danilo Pereira sofreu uma lesão nas costelas no treino de sábado e Bernardo Silva não ficou indiferente, considerando que a infelicidade do médio do Paris Saint-Germain servirá de motivação para a equipa.

“É uma situação infeliz. Estamos tristes pela equipa, por ele, porque é importante e acaba por não poder jogar. Mas temos todas as armas para quem jogar poder ajudar. É mais uma motivação para a seleção ganhar. Para além de ser um grande jogador, é uma grande pessoa. Gostamos muito de o ter no balneário”, lamentou.

A equipa das ‘quinas’ defrontará o Uruguai na segunda-feira, às 22:00 locais (19:00 em Lisboa), e a Coreia do Sul, de Paulo Bento, em 02 de dezembro, pelas 18:00 (15:00).

A 22.ª edição do Campeonato do Mundo decorre até 18 de dezembro, no Qatar.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com