Conecte-se connosco

Desporto

Benfica mantém liderança numa jornada sem surpresas na frente

Publicado

em

 O Benfica manteve hoje a liderança da I Liga de futebol com um triunfo por 2-0 na receção ao Marítimo, numa 16.ª jornada que deixou tudo igual na corrida pelo título de campeão nacional.

No Estádio da Luz, o espanhol Rodrigo foi a figura da partida ao marcar os dois golos, aos 18 e 35 minutos, naquele que foi o primeiro jogo da formação “encarnada” sem o sérvio Nemanja Matic, recentemente transferido para o Chelsea, e que marcou o oitavo jogo sem vencer dos madeirenses em todas as provas.

Este triunfo permite ao Benfica manter o comando do campeonato com dois pontos de vantagem sobre o Sporting, que, nesta ronda, durante algumas horas, regressou ao primeiro lugar depois do triunfo de sábado no terreno do Arouca, por 2-1.

Na terceira posição a três pontos do rival lisboeta segue o FC Porto, que, depois do desaire da última jornada no Estádio do Luz, regressou aos triunfos, após bater o Vitória de Setúbal, por 3-0.

No Estádio da Dragão, Ricardo Quaresma foi pela primeira titular em jogos da I Liga desde o seu regresso ao FC Porto e assistiu Jackson Martinez, logo aos 11 minutos.

O avançado colombiano igualou o seu compatriota Fredy Montero, jogador do Sporting, no topo dos melhores marcadores da I Liga, com 13 golos.

Silvestre Varela, aos 35 minutos, e o brasileiro Carlos Eduardo, aos 87, fizeram os restantes tentos dos tricampeões nacionais.

Ainda mais longe dos lugares cimeiros ficou o Sporting de Braga com um comprometedor empate caseiro (1-1) perante o Paços de Ferreira, que, mesmo assim, continua no último lugar.

A equipa minhota chegou cedo à vantagem no marcador, por Nuno André Coelho, aos 15 minutos, mas Bebé garantiu um precioso ponto para os pacenses, aos 72.

Habituado nas últimas temporadas a lutar pelas primeiras posições, o Sporting de Braga ocupa atualmente o sétimo lugar da I Liga, a 16 pontos do primeiro lugar, e pode terminar a ronda a quatro dos lugares de acesso à Liga Europa.

Em Vila do Conde, um golo solitário de Luís Gustavo, aos 89 minutos, permitiu ao Rio Ave vencer o Belenenses, por 1-0, e quebrar um “jejum” de cinco meses de vitórias caseiras no campeonato.

Já em Coimbra, a Académica subiu ao nono lugar com uma vitória por 1-0 sobre o Gil Vicente, que, depois de um início prometedor de campeonato, somou o 11.º jogo sem vencer em todas as competições.

A 16.ª ronda termina na segunda-feira com o Nacional a receber o Estoril-Praia, num duelo entre equipas que lutam pelas competições europeias.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade