Autárquicas

Barbosa de Melo promete impedir privatização da água

Notícias de Coimbra | 11 anos atrás em 25-09-2013

O candidato da coligação PSD/PPM/MPT em Coimbra, João Paulo Barbosa de Melo, afirmou na terça-feira, à noite, que consigo à frente da Câmara da cidade “a água não será privatizada”.

PUBLICIDADE

O abastecimento público de “água de excelente qualidade” deverá “continuar a ser assegurado, como tem acontecido nos últimos anos” pela empresa municipal Águas de Coimbra, afirmou Barbosa de Melo, que falava numa sessão de apresentação do “manifesto programático da coligação Por Coimbra” (PSD/PPM/MPT).

“Temos a melhor empresa de águas em baixa do país, uma empresa fantástica, que é 100% pública e um exemplo de que uma empresa pública pode funcionar bem”, sustentou o candidato e atual presidente da Câmara.

PUBLICIDADE

“Não podemos permitir a privatização da água” em Coimbra, apelou Barbosa de Melo, recordando que lançou um documento contra a reorganização do setor projetada pelo Governo, que já foi “subscrito por mais de 70 câmaras”, e assegurando que tudo continuará “a fazer para que isso não aconteça”.

Preconizando fazer de Coimbra “uma cidade que seja referência à escala europeia”, o candidato disse que criará uma “agência direcionada para a captação de novos investimentos”, em Portugal e no estrangeiro, pois o desenvolvimento económico é “um eixo fundamental” desse projeto.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

A agência deverá resultar da “evolução do gabinete de apoio ao investidor”, que, criado pela autarquia, “tão bons resultados tem dado em tão pouco tempo”, sustentou.

Barbosa de Melo defendeu, por outro lado, que “Coimbra deve começar a preparar-se” para ser Capital Europeia da Cultura em 2027, ano em que “em princípio, Portugal poderá voltar a ter essa oportunidade”.

Para ser “um projeto vencedor” exige que se “comece a trabalhar já e que preocupe Coimbra inteira”, salientou.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE