Conecte-se connosco

Coimbra

Bar Diligência em Coimbra pode ter os dias contados

Publicado

em

Diligência, considerado a casa mais antiga de fados de Coimbra, está em risco de desaparecer. O senhorio do espaço, localizado na Baixa de Coimbra, emitiu uma ordem de despejo. O gerente tem um pedido na Câmara para que o bar seja considerado Local de Interesse Histórico e Cultural há um ano e agora desespera por uma resposta. 

É um contrarrelógio que vive Jorge Geraldo, que explora o estabelecimento. “A partir de ontem (dia 11/05), data da receção de carta registada do senhorio, o Diligência está com os dias contados, fruto da ganância e falta de escrúpulos de alguém que nunca olha a nada mais que os seus próprios interesses, menosprezando, até, a integridade de quem habita e habitou nos seus locados”, afirma, num claro pedido de ajuda.

O estabelecimento está a celebrar 50 anos de existência e de funcionamento ininterrupto. “Neste meio século tem-se pautado por ser um lugar de referência para os Conimbricenses, assim como para os inúmeros turistas que visitam a cidade”, lembra o empresário, revelando que o objetivo do senhorio é transformar o local onde hoje está o Diligência num espaço “de arrumos e/ou habitação”. Para isso, avançou com “uma ordem de despejo que entra em vigor a 30 de novembro deste ano”. 

Jorge Geraldo está revoltado e a única esperança que tem é a possibilidade de que o bar venha a ser considerado Local de Interesse Histórico e Cultural até porque o pedido já deu entrada na Câmara Municipal de Coimbra.

“Nós não esperávamos isto, esperávamos uma atualização das rendas ou algo semelhante, mas não uma ordem de despejo”, desabafa, referindo que “tendo em conta a história do local”, entregou na Câmara, em 2021 o pedido “que até estava a andar bem, mas entretanto mudou o executivo e quem estava com o processo também”, conta, temendo que “tudo tenha voltado à estaca zero”.

Jorge Geraldo faz um apelo desesperado e sublinha que “de momento os ordenados gerados pelo Diligência são o único meio de subsistência de duas famílias diferentes”. 

 

 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link