Conecte-se connosco

Autárquicas

Coimbra: Iniciativa Liberal aposta no jovem Tiago Ribeiro para desenvolver o concelho

Publicado

em

 O diretor de marketing Tiago Meireles Ribeiro, de 30 anos, encabeça a lista da Iniciativa Liberal (IL) à Câmara de Coimbra, que apresenta um programa baseado em maior transparência, participação cidadã, competitividade e melhor ambiente.

O jovem com formação em Engenharia do Som numa instituição inglesa pretende criar uma cidade modelo, com maior transparência e participação cidadã, “ideal para viver”, que esteja ao serviço da população, e que seja uma “marca global, competitiva e dinâmica”.

O programa da candidatura, que tem como lema “Eu escolho Coimbra”, defende ainda uma cidade “em harmonia com o ambiente, que protege o futuro”.

O candidato considera que o concelho está aquém das potencialidades da sua população e promete um plano “de transformação sustentável”.

“Coimbra está aquém das potencialidades de quem o habita, o que me enche de otimismo porque temos aqui um enorme potencial para um desbloqueio económico e de qualidade de vida para todos”, sintetiza.

Natural de Peso da Régua (distrito de Vila Real), o candidato reside em Coimbra há quatro anos, onde trabalha como diretor de marketing numa empresa da área tecnológica, depois de um período a viver e a trabalhar no Porto e, ultimamente, em Londres.

“É tempo de devolver Coimbra à posição que lhe cabe de cidade referência, de líder regional, de cidade atrativa para o investimento externo, amiga do ambiente e, sobretudo, de cidade acolhedora para jovens”, refere o cabeça de lista da IL.

Tiago Meireles Ribeiro imagina um concelho em que “construir habitação própria ou abrir um negócio não podem ser as maiores lutas de uma vida, mas sim momentos de felicidade e realização pessoal profundas”.

A Câmara não pode ser um “obstáculo difícil de transpor, mas sim um parceiro facilitador dos sonhos e de projetos de vida”, frisa, considerando que, “numa era de acelerada digitalização, não há desculpas para não dar acesso a estimativas de custos, de licenciamento, e respostas rápidas, coerentes, numa governação local que transmita confiança e incentive ao investimento”.

No seu entender, os “factos demonstram que a política de atração do investimento” que tem sido seguida “está errada”, pelo que quer contribuir para inverter essa tendência. Porém, adverte que “isso não acontece de um dia para o outro e demora anos”.

O candidato liberal promete uma Coimbra “em que a emigração para outras cidades nacionais ou internacionais não seja uma necessidade, mas apenas mais uma escolha”.

Esta é a estreia da Iniciativa Liberal em eleições autárquicas, a nível nacional. Em julho, o partido anunciou que se apresenta com 43 candidaturas próprias e sete em coligação, concorrendo a um total de 51 municípios.

Nas anteriores eleições, o PS conquistou cinco mandatos, a coligação PSD/CDS-PP/MPT/PPM conseguiu três, o movimento Somos Coimbra alcançou dois e a CDU um.

Além de Tiago Meireles Ribeiro, concorrem o atual presidente da Câmara de Coimbra, Manuel Machado (PS), José Manuel Silva (coligação PSD/CDS-PP/Nós, Cidadãos!/PPM/Volt/RIR/Aliança), Francisco Queirós (CDU), Gouveia Monteiro (Cidadãos por Coimbra), Miguel Ângelo Marques (Chega), Filipe Reis (PAN) e Inês Tafula (PDR/MPT).

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link