Conecte-se connosco

Portugal

Aumentam acidentes com trotinetes e são cada vez mais graves

Publicado

em

Os acidentes com trotinetes estão a aumentar, assim como a gravidade. Como não há regras para a circulação, a Prevenção Rodoviária Portuguesa (PRP) quer que seja alterada a lei.

De acordo com o Jornal de Notícias, só este ano, entre janeiro e novembro, já se registaram quase 500 acidentes na área da Polícia de Segurança Pública (PSP), que alerta precisamente para um crescimento e também para a gravidade dos ferimentos.

Segundo os dados divulgados pela PSP, dos 489 acidentes registados com trotinetes resultaram 395 feridos leves e 13 graves. Trata-se de quase o dobro quando comparado com os dados de 2021, altura em que se registaram 289 acidentes, que provocaram 244 feridos leves e sete graves. De referir que estes acidentes envolveram tanto os utilizadores das trotinetas elétricas como os condutores de outros veículos automóveis.

A PRP tem insistido na alteração à lei, que passe a fixar os 14 anos como idade mínima para a circulação nas ciclovias (atualmente a lei é omissa) e os 16 anos nas restantes vias. Pede, ainda, que o uso de capacete seja obrigatório, que as trotinetes circulem obrigatoriamente nas ciclovias (sempre que existam) e que sejam proibidas nas vias cuja velocidade permitida seja superior a 50 km por hora, bem como nas vias pedonais.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com