Conecte-se connosco

Economia

Atribuição de 58 espaços comerciais do Mercado Municipal D. Pedro V em hasta pública

Publicado

em

A Câmara Municipal (CM) de Coimbra vai analisar e votar, na sua reunião da próxima segunda-feira, dia 03 de outubro, a concessão de 58 espaços comerciais no Mercado Municipal D. Pedro V por hasta pública, a realizar, previsivelmente, no dia 02 de novembro, no Salão Nobre da CM. O objetivo desta nova hasta pública passa por dar um novo impulso a este renovado espaço municipal.

A CM Coimbra vai avançar com uma nova hasta pública para atribuição de 58 locais de venda no Mercado Municipal D. Pedro V (22 lojas e 36 bancas), “tendo como pressuposto o desenvolvimento das atividades e dinâmica no Mercado Municipal D. Pedro V e tendo ainda em consideração a entrada em funcionamento das novas áreas de restauração e lazer que vieram diversificar a atividade comercial existente no Mercado Municipal, aumentando deste modo a oferta aos consumidores bem como a sua localização central, existe bastante procura daquele espaço por turistas e residentes do Concelho de Coimbra”, pode ler-se na informação técnica dos serviços municipais.
Os novos valores base de licitação definida para cada concessão são os seguintes: loja exterior – 90 euros por m2; lojas interiores – valor resultante, para cada base de licitação, da aplicação de valores padrão definidos a título de taxa de ocupação mensal, arredondado para a meia centena de euros seguinte; bancas – o valor resultante, para cada base de licitação, da aplicação de valores padrão definidos a título de taxa de ocupação mensal, arredondado para a meia centena de euros seguinte. Os lanços não poderão ser inferiores a: loja exterior – 300 euros; lojas interiores – 50 euros; bancas – 25 euros. Cada loja ou banca será licitada separadamente.
Os espaços disponíveis, no caso das 22 lojas, destinam-se a vários ramos atividade, designadamente, talho, mercearia, padaria, pastelaria, vestuário, retrosaria ou acessórios de moda, produtos alimentares gourmet (não destinados a consumo local), pescado congelado e transformado, flores, plantas e sementes, entre outros. Já as bancas, num total de 36, destinam-se à venda de peixe fresco e de produtos hortícolas.

Recorde-se que, em março deste ano, decorreu uma hasta pública para a atribuição de locais de venda no Mercado Municipal D. Pedro V. Dos 78 espaços que se encontravam para concessão (30 lojas e 48 bancas), foram concessionados 21 espaços (12 lojas e 9 bancas).
Importa referir também que o horário de funcionamento do Mercado Municipal D. Pedro V foi alargado, aquando da abertura da renovada Praça de Restauração, também em março de 2022. Os pisos 1 e 2 estão abertos até às 24h00, de segunda a quarta-feira, e até às 02h00 de quinta-feira a sábado. Já o piso 0 passa a estar aberto até às 19h00, de segunda-feira a sábado.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com