Portugal

Ateou sete fogos em dois meses “com recurso a chama direta”

Notícias de Coimbra | 1 mês atrás em 18-06-2024

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem de 38 anos, fortemente indiciado da autoria de sete crimes de incêndio florestal, cometidos em abril e maio, em Macieira de Cambra, Vale de Cambra, anunciou hoje a polícia de investigação.

PUBLICIDADE

Em comunicado, a PJ relata que os incêndios ocorridos naquela localidade do distrito de Aveiro, “terão sido provocados com recurso a chama direta, sem que o arguido aponte uma motivação específica”, sendo que “colocaram em perigo uma mancha florestal significativa, bem como habitações e unidades fabris existentes na zona”.

A detenção ocorreu com a colaboração do Grupo de Trabalho para a Redução de Ignições em Espaço Rural – Zona Norte, assinala a nota de imprensa.

PUBLICIDADE

O suspeito, sem antecedentes criminais e residente na área, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação de medidas de coação.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE