Conecte-se connosco

Restaurantes

Associação PRO.VAR reclama alargamento do horário dos restaurantes

Publicado

em

A associação PRO.VAR reclamou hoje a abertura dos restaurantes em horário normal para garantir a viabilidade das empresas e reduzir o número de pessoas em locais públicos.

“A PRO.VAR [Associação para Defesa, Promoção e Inovação dos Restaurantes de Portugal] vê a sua posição legitimada e volta a pedir que os restaurantes estejam abertos em horário normal, em todo o território continental”, apontou, em comunicado a associação, sustentando a sua reivindicação com as recentes afirmações da ministra da Saúde, Marta Temido, sobre estes espaços.

Segundo a associação, Marta Temido disse não ser nos restaurantes que as pessoas se contagiam.

Para a PRO.VAR, o alargamento do horário dos restaurantes “é importante” para garantir a viabilidade das empresas e contribuir para a redução de pessoas em locais públicos.

Por outro lado, a associação notou que as restrições estão a levar ao abrandamento do setor, estando em risco o encerramento de “milhares de empresas” e o despedimento de “dezenas de milhares de trabalhadores”.

Assim, o setor exige uma “resposta firme” do Governo, com a implementação de apoios, nomeadamente, “uma espécie de segunda versão do Apoiar.pt, Apoiar Restauração e Apoiar Rendas”, bem como um novo regime de ‘lay-off’ simplificado e a redução do IVA da restauração.

Albufeira, Lisboa e Sesimbra recuaram no desconfinamento face ao agravamento do número de infetados pela covid-19, passando os restaurantes, cafés, esplanadas e lojas a ter que encerrar no fim de semana às 15:30.

Durante a semana, restaurantes e cafés têm que encerrar às 22:30, estando obrigados a manter um limite de quatro pessoas por mesa no interior e seis nas esplanadas.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com