Conecte-se connosco

Coimbra

Associação de Paralisia Cerebral de Coimbra dá a experimentar tricicletas às crianças

Publicado

em

Um grupo de crianças e jovens, utentes de várias respostas da Associação de Paralisia Cerebral de Coimbra (APCC), vão experimentar pela primeira vez as sensações de correr numa tricicleta. Será durante o evento “Corro com Asas nos Pés”, amanhã, a partir das 10H00, na pista de atletismo do Estádio Cidade de Coimbra.

A tricicleta é o nome do veículo, mas também de uma disciplina em que os praticantes correm com os pés, sentados num equipamento com três rodas e três apoios. É dirigida a pessoas com paralisia cerebral e deficiências motoras que afetem o movimento ou o equilíbrio, que se desloquem em cadeira de rodas ou que não tenham uma corrida funcional a pé.

Trata-se de uma modalidade desportiva cuja prática traz benefícios a nível motor, psicológico e social, sendo também muito divertida, em particular para os mais pequenos. É nesse sentido que o evento “Corro com Asas nos Pés” pretende, além de proporcionar momentos de convívio e divertimento, marcar também a identificação de potenciais novos atletas.

Além das crianças e jovens que participarão na iniciativa, foram convidados ainda familiares e tutores, que poderão também eles tomar contacto com a tricicleta e aproveitar para esclarecer eventuais dúvidas com os técnicos da APCC. O acompanhamento será feito por profissionais de diferentes áreas na instituição, em particular do Departamento de Educação Física e Desporto, entre os quais se conta a atual selecionadora nacional da disciplina, Ana Nunes.

Este evento é organizado pela APCC, com o apoio da Câmara Municipal de Coimbra, da Federação Portuguesa de Atletismo, da Associação Distrital de Atletismo de Coimbra e da Paralisia Cerebral – Associação Nacional de Desporto (PCAND). Decorrerá no âmbito do projeto europeu “RunFree: RaceRunning – Speed and Freedom for All”, em que a APCC tem como parceiros entidades da Alemanha, Dinamarca e Escócia e da principal associação internacional de desporto para pessoas com paralisia cerebral, e que pretende projetar a tricicleta como um dos desportos ou atividades recreativas com mais praticantes em todo o mundo.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade