Conecte-se connosco

Região

Arganil registou em 2021 o maior investimento de sempre com 20 milhões de euros

Publicado

em

O município de Arganil investiu cerca de 20 milhões de euros em obras e projetos em 2021, naquele que foi o ano de maior investimento de sempre, anunciou hoje a Câmara.

“Em termos globais, foram investidos mais de 19,8 milhões de euros em obras e projetos que concorrem para a melhoria da qualidade de vida em Arganil”, disse o presidente da Câmara Municipal, Luís Paulo Costa.

O autarca considera que o município, no distrito de Coimbra, continua “a dar passos firmes no desenvolvimento do concelho e na construção de um futuro com mais e melhores oportunidades para os nossos cidadãos, investindo em áreas preponderantes, como a educação, a reabilitação urbana, o ambiente ou o desenvolvimento económico”.

O presidente da Câmara destaca o “sólido e decisivo” investimento na ampliação da área de localização empresarial da Relvinha, no valor de 5,5 milhões de euros, que vai permitir criar mais emprego e atrair novas empresas para o concelho.

“Este investimento sem paralelo é sustentado pelo investimento próprio do município, mas também pelos fundos europeus captados pela autarquia e por investimentos exteriores, sendo exemplo o sistema multimunicipal da Águas do Centro Litoral (AdCL)”, realça Luís Paulo Costa.

O exercício de 2021 terminou também com um resultado líquido positivo de aproximadamente 900 mil euros.

“Assumimos o compromisso de manter o rigor, a transparência e a saúde financeira da autarquia e os resultados apresentados na prestação de contas confirmam isso mesmo”, salienta o presidente da Câmara.

Para o autarca, “apenas com as contas equilibradas é possível acumular recursos financeiros e canalizá-los para os investimentos e projetos previstos”.

O município de Arganil encerrou o ano com um total da despesa paga de 19,5 milhões de euros, representando 85,3% do total orçamentado (22,9 milhões de euros), o que superou em 10,7% o registo de 2020.

Em relação à receita cobrada, verificou-se um acréscimo em cerca de 1,9 milhões de euros relativamente ao ano anterior.

“A boa gestão financeira registada nos últimos anos garante a continuidade das políticas de apoio às famílias e empresas do concelho, nomeadamente na aplicação da taxa mínima de IMI, devolução da totalidade do IRS às famílias (5%) e aplicação da derrama sobre o lucro das empresas fixada nos 0%”, frisou o presidente da Câmara de Arganil.

O autarca salientou que “esta fiscalidade amiga das famílias se reflete, ainda, na aplicação dos tarifários mais reduzidos de água, saneamento e resíduos sólidos urbanos no distrito de Coimbra”.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade