Conecte-se connosco

Região

Arganil está a remover o amianto nas escolas de Côja e Pombeiro da Beira

Publicado

em

Estão em curso as intervenções de remoção do amianto existente nas coberturas da Escola Básica 2,3 Professor Mendes Ferrão, em Côja, e do Jardim de Infância e Escola Básica do 1.º Ciclo de Pombeiro da Beira. As obras a decorrer nas duas instituições de ensino representam um investimento de aproximadamente 90 mil euros e a expectativa do município de Arganil é que estejam concluídas no final do ano.

Este conjunto de intervenções responde a uma séria preocupação de saúde pública e contribui para a melhoria das condições de segurança e bem-estar de toda a comunidade escolar. As obras vão ser realizadas durante a interrupção letiva, que era também uma preocupação da autarquia. “Garantimos que os trabalhos decorrem em total segurança e evitamos que os alunos, professores e auxiliares fiquem expostos a um ambiente potencialmente prejudicial”, refere o presidente da Câmara Municipal de Arganil, Luís Paulo Costa.

Na escola do 2.º e 3.º ciclos de Côja está preconizada a remoção dos painéis da cobertura dos Blocos 1 e 2, em fibrocimento, sendo colocados novos painéis sandwich, com isolamento térmico incorporado. Está, ainda, considerada a substituição de outros materiais degradados por soluções mais eficientes, oferecendo mais segurança e comodidade a alunos e professores.

Já no JI e EB1 de Pombeiro da Beira, os trabalhos preveem o desmantelamento do anexo de apoio, construído em materiais prefabricados, onde se encontra instalada a caldeira, que funciona também como local de arrumos.

Trata-se de um edifício que apresenta amianto tanto na cobertura como no revestimento exterior das paredes das fachadas e que se encontra em grave estado de degradação. Será, em contrapartida, construído no local uma pequena estrutura que permita albergar a caldeira existente, necessária à manutenção do aquecimento central dos outros edifícios existentes no recinto escolar.

Com estas intervenções, “o concelho de Arganil torna-se num concelho totalmente livre de amianto no que diz respeito aos estabelecimentos de ensino”, evidencia o presidente da autarquia.

Esta dupla intervenção decorre do acordo de colaboração celebrado entre o Governo e as autarquias locais, em julho de 2020, no qual a Câmara Municipal de Arganil assumiu a condição de dono da obra.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link