Conecte-se connosco

Cidade

Aprendizes de feiticeiro a “brincar com o fogo”

Publicado

em

A PSP de Coimbra alertou, hoje, para publicações de falso teor, feitas através das redes sociais, com “o objectivo de criar alarme (…) numa altura em que a cidade volta a receber estudantes”.

Trata-se de publicações, cuja origem se desconhece, a relatar que raparigas têm sido abordadas por indivíduos munidos de armas brancas.

A PSP aproveitou para lembrar que, face a casos concretos, devem os cidadãos telefonar para o 112 ou dirigir-se aos órgãos de polícia criminal.

NOTÍCIAS de COIMBRA foi destinatário de observações acerca de tais publicações, tendo optado por ignorá-las depois de contactar a Polícia.

Hoje em dia, muitas pessoas julgam estar informadas através das redes sociais, mas essa crença é uma falácia.

A canalhice não hesita em servir-se, por exemplo, do Facebook e/ou do Instagram para espalhar rumores. E há quem os tome como informação fidedigna e ignore a verdade jornalística.

O sociólogo da comunicação Dominique Wolton advertiu, há uns pares de anos, num livro editado pela Difel, que quanto mais eficaz é a comunicação técnica mais vimos a descobrir aquilo que a separa da comunicação humana.

Tenhamos, pois, presente que os aprendizes de feiticeiro – quais pirómanos deslumbrados a “brincar com o fogo” – espezinham a necessidade de informação credível para se deleitarem com a dimensão instrumental da comunicação.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com