Conecte-se connosco

Polícias

Apreendidos quase cinco milhões de cigarros “sofisticadamente dissimulados”

Publicado

em

Quase cinco milhões de cigarros que estavam “sofisticadamente dissimulados” num contentor com mercadoria originária de Singapura foram apreendidos, na quarta-feira, no Porto de Sines (Setúbal), revelou hoje a Autoridade Tributária e Aduaneira (AT).

Em comunicado, a AT indicou que, na ação levada a cabo pela delegação aduaneira de Sines, foram apreendidos 4.872.000 cigarros da marca “Englishman”, que se encontravam “sofisticadamente dissimulados num contentor com mercadoria originária de Singapura”.

O contentor, descarregado no Porto de Sines no final do passado mês de julho, foi “sujeito a controlo não intrusivo”, disse.

A AT apurou a “elevada probabilidade de desconformidade entre a mercadoria declarada, ‘construções metálicas’, e a mercadoria efetivamente acondicionada no contentor”.

Perante estes “indícios de tentativa de fraude de introdução de mercadoria [na União Europeia], de forma ilícita, foi realizado controlo físico da carga”, lê-se no comunicado disponibilizado no Portal das Finanças.

Na operação, foi constatado “que se tratava de tabaco, dissimulado em oito paletes, as quais aparentemente continham perfis de metal e onde foram ocultados pacotes contendo quase cinco milhões de cigarros”.

“A mercadoria foi de imediato apreendida tendo sido instaurado o competente procedimento criminal”, avançou a AT.

A apreensão permitiu evitar a evasão de cerca de um milhão de euros, dos quais cerca de 900 mil euros respeitam ao Imposto sobre o Tabaco e IVA.

De acordo com a AT, a operação foi selecionada como resultado da análise dos dados declarados, aos quais foram aplicados métodos e técnicas de análise de risco desenvolvidas no âmbito da luta contra a fraude, evasão aduaneira e fiscal e os tráficos ilícitos.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade