Conecte-se connosco

Crimes

Apanha irmão a dormir e tenta matá-lo em Coimbra (com vídeo)

Publicado

em

Um homem de 54 anos apanhou o irmão a dormir, em Coimbra, e atacou-o à facada. A mãe de ambos é que foi em socorro da vítima e conseguiu evitar uma tragédia maior. O crime ocorreu em agosto do ano passado na casa da família e começou hoje a ser julgado no Tribunal de Coimbra. 

O arguido, que está em prisão preventiva, foi considerado inimputável. Na altura dos factos, terá tido “um surto psicótico” que o levou a agredir um irmão com uma faca de cozinha, provocando-lhe golpes sobretudo na zona do pescoço e num ombro.

Na primeira sessão do julgamento, esta manhã, o homem, desempregado, confessou os factos mas disse que a sua intenção não era tirar a vida ao irmão com quem mantinha uma relação tensa.

A vítima também foi ouvida pelo coletivo de juízes, mas na ausência do irmão. Por diversas vezes, disse que tinha “medo” do agressor e afirmou que “se ele saísse iria voltar a fazer o mesmo” até acabar por matá-lo. Acabou por ser serenado tanto pela juiz presidente como pela procuradora do Ministério Público (MP) que o aconselhou a apresentar queixa às autoridades caso se sentisse ameaçado.

A mãe do arguido optou por não prestar declarações, mostrando-se chorosa e alterada perante o coletivo de juízes.

Nas alegações finais foi pedido que o arguido seja condenado a uma pena de internamento, com o MP a lembrar que a vítima foi atingida no ombro e na zona jugular” havendo “uma possibilidade objetiva de o arguido lhe tirar a vida”. 

A leitura do acórdão ficou marcada para a próxima semana. 

Veja o direto NDC no Tribunal de Coimbra:

 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link