Coimbra

Anúncio de falecimento? Não, é uma festa em Coimbra

António Alves | 11 meses atrás em 30-03-2023

Alguns postes da Baixa de Coimbra foram decorados com o anúncio de uma festa no próximo sábado, 1 de abril. A informação não tinha nada de extraordinário caso os promotores não tivessem recorrido a um modelo semelhante ao que é usado pelas agências funerárias para dar a conhecer um falecimento.

PUBLICIDADE

Olhando para a folha A4, vemos que a tradicional fotografia do defunto foi substituída por uma imagem com a palavra “surto” escrita. Por baixo, o nome – “Prof. Dr. Tatuador Surto da Silva Coletivo” – e, em letras grandes, a informação de que “faleceu mas passa bem”. Estas últimas palavras com um tamanho mais reduzido.

PUBLICIDADE

Em itálico, é dito que “a família, com profundo pesar, participa o falecimento deste seu querido extinto”. Sobre a data do “funeral” (festa), ele terá lugar no sábado, 1 de abril, pelas 15h00 no Atelier A Fábrica (rua Simões de Castro, 173). “Após a missa com dj set, flash day ano 2000 e feirinha surtada, o Prof. Dr. Surto vai a sepultar em jazigo ao som de um bom punk comandado por Mizura e Bumps, a partir das 23h00, no mesmo lugar”, é referido na folha A4.

PUBLICIDADE

publicidade

A “Agência Funerária Surto Coletivo” é a responsável por esta iniciativa que tem como sede o Atelier A Fábrica na rua Simões de Castro, 173, em Coimbra. Até à manhã desta quinta-feira, a página da rede social Facebook deste espaço cultural na Baixa de Coimbra não tinha qualquer informação sobre a realização desta festa no dia 1 de abril. Uma data que é conhecida como “o Dia das Mentiras”.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com