Conecte-se connosco

Política

António Costa promete combate sem tréguas à precariedade laboral

Publicado

em

O secretário-geral do PS pediu hoje “mobilização total” até domingo e afirmou que, se for reconduzido no cargo de primeiro-ministro, fará “um combate sem tréguas” contra a precariedade laboral, sobretudo a que atinge os mais jovens.

Palavras que António Costa proferiu no final da tradicional descida do Chiado, em Lisboa, que este ano teve um trajeto mais curto, tendo terminado logo no final da rua do Carmo e não, como era habitual, junto ao Terreiro do Paço.

No último dia da campanha das eleições legislativas de 2019, num momento em que a descida do Chiado já tinha terminado e os apoiantes estavam a desmobilizar, o líder socialista envolveu-se num incidente com um cidadão idoso, que o contestou pela sua ação nos fogos florestais do verão de 2017.

Desta vez, não houve qualquer incidente. Tal como acontece nestas ações, uma banda de música animou o desfile dos socialistas entre o Largo Camões e a Praça do Rossio. Mas este percurso é cada vez mais impróprio para ações de campanha, sobretudo devido à existência de múltiplos obstáculos pelo caminho: Esplanadas de cafés, bancas de venda espalhadas pelos passeios, zonas de parqueamento de bicicletas e motos e muitos pilaretes para condicional o estacionamento.

No final da rua do Carmo, perante muitos apoiantes socialistas, António Costa deixou uma mensagem dirigida aos eleitores mais jovens, aqueles que os estudos de opinião indicam com maior propensão para a abstenção com menor tendência para o voto no PS.

“Vamos continuar a apostar na educação e no futuro dos nossos jovens e a garantir, sobretudo, um combate sem tréguas contra a precariedade e pela habitação acessível. Medidas para garantir que todos os jovens tenham o seu futuro connosco em Portugal”, declarou.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link