Conecte-se connosco

Coimbra

António Arnaut oferece último livro a Penela

Publicado

em

Na semana em que o Presidente da República condecorou António Arnaut, com a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade, o autor concelhio fez questão de oferecer à Biblioteca Municipal de Penela, um exemplar da sua última obra literária “Era um rio e chorava – 80 poemas para 80 anos”.

a30bd828-b420-46ab-b9de-5672cfd3ea6f

O autor aproveitou o momento para entregar também, em mãos ao Presidente da Câmara Municipal de Penela, Luís Matias, o manuscrito original, com as emendas finais da obra, para que o mesmo possa ficar na Biblioteca como testemunho do trabalho que antecede a publicação.

“Era um rio e chorava – 80 poemas para 80 anos” é uma coletânea de poemas que simboliza o desejo de António Arnaut ver atuais e futuras gerações a “darem continuidade” à sua obra estética, cívica e política, aprofundando a liberdade, a “fraternidade universal”, outros valores e direitos humanos defendidos pelos maçons, em Portugal e no mundo. Além dos 80 poemas o livro apresenta na contracapa a reprodução do manuscrito, com a letra do autor, do “Poema inacabado (fragmento)”.

 Luís Matias acolheu com manifesto agrado a oferta deste autor concelhio que mantêm este forte laço à terra natal que o homenageou no seu octogésimo aniversário, no dia 28 de janeiro, com a atribuição do nome “António Arnaut” à Biblioteca Municipal e com a inauguração de uma exposição sobre a sua Vida e Obra, num justificado reconhecimento público que o município fez questão de fazer a “uma personalidade ímpar da democracia nacional”.

 

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade [video width="1280" height="1280" mp4="https://www.noticiasdecoimbra.pt/wp-content/uploads/2020/11/banner-NDC-radioboanova.mp4" loop="true" autoplay="true" preload="auto"][/video]
Publicidade
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com