Conecte-se connosco

Crimes

Ana Lúcia Matos detida por fraude fiscal

Publicado

em

A ex-apresentadora e modelo Ana Lúcia Matos e o marido foram detidos durante uma investigação europeia conduzida pela diretoria do Norte da Polícia Judiciária.

A investigação culminou na detenção de 14 pessoas e acabou por desmantelar “uma organização criminosa de fraude fiscal que terá movimentado mais de 2,2 mil milhões de euros. Só no nosso país, estima-se que tenham causado prejuízos ao Estado de 300 milhões de euros”, segundo avançou o Jornal de Notícias.

De acordo com a mesma publicação, a figura pública é suspeita do crime de branqueamento. O marido é proprietário de empresas envolvidas no esquema de fraude fiscal. Foram apreendidos vários bens de luxo ao casal.

A Operação Admiral contou com a realização de mais de 100 buscas nos distritos do Porto, Braga, Coimbra, Lisboa, Setúbal e também na Madeira. Já a nível europeu, as operações policiais estenderam-se a países como a Alemanha, França, Itália, Espanha, Bélgica, Países Baixos, Luxemburgo, República Checa, Hungria, Grécia, Roménia, Eslováquia, Grécia, Áustria, Lituânia e Chipre. A Procuradoria Europeia adianta ainda que existiam papéis bem definidos para cada um dos envolvidos na fraude.

Em abril de 2021, a Autoridade Tributária Portuguesa em Coimbra “investigava uma empresa de venda de telemóveis, tablets, auscultadores e outros aparelhos eletrónicos, por suspeita de fraude ao IVA”, tendo comunicado posteriormente ao organismo europeu, “de acordo com a sua obrigação legal”, revela a Procuradoria Europeia.

Os detidos vão ser ouvidos no Tribunal de Instrução Criminal do Porto pelo juiz Pedro Miguel Vieira.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com