Crimes

Ameaça com foice e machado. Deita fogo a casas e floresta

Notícias de Coimbra | 3 meses atrás em 16-04-2024

A Polícia Judiciária (PJ) deteve, hoje, um homem, de 33 anos, fortemente indiciado pela prática dos crimes de incêndio urbano, detenção de arma proibida, homicídio na forma tentada, dano e coação na forma tentada.

PUBLICIDADE

Os crimes terão sido cometidos pelo detido na sua área de residência, em Santo Tirso, contra familiares e vizinhos, num quadro de consumo de álcool.

De acordo com os indícios recolhidos pela Diretoria do Norte da PJ, o homem terá provocado um incêndio na residência de um familiar, no início do mês de janeiro, criando perigo para a vida e bens patrimoniais de valor elevado, não tendo o mesmo ganho proporção por ter sido extinto na sua fase inicial.

PUBLICIDADE

Ainda durante esse mês, terá incendiado um anexo a uma residência de um vizinho e, no decurso de uma discussão com um outro vizinho, terá agredido o mesmo com uma forquilha, provocando-lhe ferimentos nos membros inferiores.

Durante o mês de fevereiro, também por motivo fútil, destruiu vitrines de um posto de abastecimento de combustível, nas imediações da sua área de residência.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Terá, ainda, efetuado várias ameaças de morte a familiares e a vizinhos, umas vezes com recurso a arma branca, outras vezes com uma foice ou com um machado, tendo mesmo tentado agredir as vítimas com estes instrumentos.

O detido, com um historial de doença psiquiátrica e antecedentes criminais por incêndio florestal, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE