Justiça

Almoços à “fartazana” de Isaltino Morais de novo na mira do Ministério Público

Notícias de Coimbra | 1 mês atrás em 21-06-2024

O Ministério Público e a Polícia Judiciária avançaram esta quinta-feira, 20 de junho, para buscas na câmara de Oeiras.

PUBLICIDADE

Em causa estarão 1441 faturas de refeições que custaram mais de 139 mil euros e que foram justificadas como almoços de trabalho com elementos do executivo, ao longo de seis anos, entre outubro de 2017 e junho do ano passado.

Segundo o Correio da Manhã, a investigação abrange crimes de peculato, abuso de poder e prevaricação.
Foram apreendidos computadores e documentos nas buscas realizadas pela Polícia Judiciária.

PUBLICIDADE

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE