Conecte-se connosco

Economia

AHRESP saúda reposição dos horários normais na restauração e similares

Publicado

em

 A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) saudou hoje a decisão do Governo de repor os horários normais de funcionamento dos estabelecimentos, mas manifestou preocupação pela sobrevivência dos estabelecimentos de animação noturna, que permanecem fechados até outubro.

“Face ao anúncio do novo plano de desconfinamento, não pode a AHRESP deixar de saudar a decisão de reposição dos normais horários de funcionamento dos estabelecimentos de restauração e similares (com o limite das 02:00), que vai ao encontro das propostas que insistentemente temos feito junto do Governo”, afirmou a associação, no seu boletim diário de quinta-feira, hoje divulgado.

No entanto, a AHRESP salientou a sua “grande preocupação pela manutenção do encerramento dos estabelecimentos de animação noturna, que coloca em causa a sua sobrevivência”, sobretudo com a chegada do mês de agosto, habitualmente favorável para este tipo de negócio.

“Dada a situação pandémica e os meios que hoje temos para a controlar, julgamos ser possível estabelecerem-se condições para a respetiva reabertura”, defendeu, acrescentando que “continuará a interceder junto do Governo para que esta situação possa ser revertida no mais curto espaço de tempo possível”.

O Governo apresentou na quinta-feira o plano de desconfinamento em três fases, que inclui medidas de caráter geral, com aplicação de regras uniformes a todo o território nacional, de onde se destacam a reposição dos horários normais dos estabelecimentos de restauração e similares (tendo como limite as 02:00 para encerramento) e a apresentação de certificado digital ou teste negativo para o acesso ao interior dos estabelecimentos de restauração aos fins de semana e feriados.

Os bares podem abrir a partir de domingo, mas sujeitos às regras aplicadas aos restaurantes.

Já as discotecas vão permanecer encerradas até outubro, quando as autoridades estimam que 85% da população portuguesa esteja com a vacinação completa contra a covid-19.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com