Conecte-se connosco

Saúde

Agência Europeia do Medicamento avalia administração de vacina da Pfizer a crianças entre 5 e 11 anos

Publicado

em

A Agência Europeia do Medicamento (EMA, na sigla inglesa) começou a avaliar a utilização da vacina Comirnaty da farmacêutica Pfizer/BioNTech para a covid-19 em crianças dos cinco aos 11 anos de idade, foi hoje divulgado.

A vacina contra a covid-19 Comirnaty está atualmente autorizada para utilização em pessoas com 12 ou mais anos de idade, que contém uma molécula chamada RNA mensageiro (mRNA) com instruções para a produção de uma proteína naturalmente presente no SARS-CoV-2 e preparando o corpo para se defender contra o vírus que causa a covid-19.

O comité de medicamentos humanos (CHMP) da EMA irá rever os dados sobre a vacina, incluindo os resultados de um estudo clínico em curso que envolveu crianças dos cinco aos 11 anos de idade, a fim de decidir se recomenda ou não o alargamento da sua utilização.

O parecer do CHMP será então transmitido à Comissão Europeia, que emitirá uma decisão final.

A vacina da Pfizer/BioNTech recebeu uma autorização condicional de introdução no mercado em dezembro de 2020, sendo uma das quatro administradas na União Europeia, juntamente com a da Moderna, da AstraZeneca e da vacina de dose única da Janssen.

A covid-19 provocou mais de 4,8 milhões de mortes em todo o mundo, entre mais de 239 milhões infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link