Portugal

Adultério dá cada vez mais trabalho aos detetives privados em Portugal

Notícias de Coimbra | 1 semana atrás em 12-02-2024

A procura por detetives privados cresceu 41% em 2023, com a maioria dos pedidos que chegam a estes profissionais relacionada com investigação de adultério, revelam dados da plataforma Fixando, numa análise recente a cerca de 1200 pedidos de clientes na área da investigação privada.

PUBLICIDADE

As estimativas para este ano sugerem que esta tendência vai continuar, prevendo-se um aumento na ordem dos 37%.

PUBLICIDADE

Segundo os dados da plataforma de contratação de serviços, o principal motivo para os portugueses recorrerem a detetives é a investigação de casos de adultério e traição, que representou 62% dos casos registados no ano passado e mantem-se em alta, com 63% este ano, um padrão que sugere uma preocupação e desconfiança com a fidelidade nos relacionamentos, e que leva muitos a procurar ajuda profissional para esclarecer suspeitas.

PUBLICIDADE

publicidade

Nas razões para contratar detetives seguem-se pedidos de vigilância (19%), a investigação de roubos ou outras atividades criminais (7%), verificação de antecedentes (4%), procura de ativos ocultos (4%) e investigação de casos relacionados com a custódia de crianças (3%). 

Quanto aos custos, os serviços oferecidos por detetives profissionais têm atualmente um preço médio de 22 euros por hora, o que pode representar um investimento significativo para aqueles que recorrem a estes serviços.

PUBLICIDADE

Esta análise da Fixando, revela ainda que cerca de 60% dos clientes que procuram estes serviços são mulheres. “É um padrão que se tem mantido nos últimos anos e que desafia a perceção tradicional de que a investigação privada é predominantemente procurada por homens”, explica Alice Nunes, diretora de Novos Negócios da Fixando.

Tiago Gonçalves, investigador privado na região do Porto, confirma que a suspeita de infidelidade é a principal razão que leva os portugueses a recorrer a detetives, apenas com o objetivo de descobrir a verdade, mesmo que o caso não esteja ligado a nenhuma disputa legal, e reconhece que as expectativas de quem contrata estes serviços muitas vezes não correspondem à realidade.

“Talvez por influência do retrato que é feito da investigação privada na televisão, no cinema e na literatura, muitos clientes têm uma ideia completamente diferente do nosso trabalho e esperam que tenhamos “uma bola de cristal” que nos permite descobrir tudo e com relativa facilidade”, sublinha o mesmo responsável.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com