Mundo

Acidente de autocarro com peregrinos causa 20 mortos na Arábia Saudita

Notícias de Coimbra com Lusa | 1 ano atrás em 28-03-2023

Um autocarro que transportava peregrinos para Meca, na Arábia Saudita, incendiou-se esta segunda-feira após uma colisão numa ponte, acidente que causou 20 mortos e 30 feridos, adiantou a televisão estatal saudita.

PUBLICIDADE

O acidente, que ocorreu na província de Asir, no sul, destaca o constante desafio de segurança no transporte de peregrinos para Meca e Medina, as duas cidades mais sagradas do Islão, noticiou a agência Efe.

O desastre ocorreu durante a primeira semana do mês sagrado do Ramadão, quando muitos muçulmanos realizam a peregrinação Umrah (peregrinação menor), e alguns meses antes da peregrinação anual hajj.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

“De acordo com informações preliminares que recebemos, o número de mortos neste acidente chegou a 20 e o número total de feridos foi de cerca de 29”, referiu a estação estatal Al-Ekhbariya.

PUBLICIDADE

As vítimas são de “diferentes nacionalidades”, segundo o canal, que não apresentou mais detalhes.

Al-Ekhbariya divulgou imagens onde mostra um repórter em frente ao que parecia ser a carcaça carbonizada de um autocarro.

Transportar peregrinos nas estradas da Arábia Saudita pode ser perigoso, especialmente durante o hajj, quando as intermináveis filas de trânsito são criadas por autocarros cheios de fiéis.

Em outubro de 2019, 35 estrangeiros morreram e outros quatro ficaram feridos na colisão entre um autocarro e outro veículo pesado perto de Medina.

No entanto, as peregrinações continuam a ser uma parte crucial do setor de turismo, do qual os líderes sauditas dependem para diversificar a sua economia dependente de combustíveis fósseis.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE