Mundo

Acidente com autocarro escolar mata 12 crianças na África do Sul

Notícias de Coimbra com Lusa | 2 semanas atrás em 10-07-2024

Treze pessoas, 12 das quais crianças e o condutor, morreram quando um miniautocarro de transporte escolar colidiu com outro veículo na madrugada de hoje na África do Sul, anunciou o governo provincial de Gauteng.

PUBLICIDADE

Sete outras crianças ficaram feridas e foram levadas para o hospital após o acidente, que ocorreu quando o miniautocarro capotou e se incendiou depois da colisão com outro veículo, segundo um comunicado do governo da província de Gauteng, a mais populosa do país e que inclui Joanesburgo e Pretória.

As idades das crianças não foram divulgadas de imediato. O autocarro transportava crianças da escola primária, normalmente com idades compreendidas entre os 6 e os 13 anos.

PUBLICIDADE

Imagens de televisão mostraram o miniautocarro completamente destruído pelo fogo, e material escolar queimado espalhado pela estrada no local do acidente, cerca de 70 quilómetros a oeste da cidade de Merafong.

O governo local anunciou em comunicado que “um miniautocarro de transporte privado esteve envolvido num trágico acidente na região de Kokosi-Wedela, perto de Merafong, que custou a vida a 12 alunos e ao seu condutor”.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

O Ministro da Educação da Província de Gauteng, Matome Chiloane, citado no comunicado, disse estar “profundamente triste com este trágico acontecimento”.

“A perda das nossas crianças é um golpe terrível para a nossa comunidade, e os nossos pensamentos e orações vão para as famílias dos alunos falecidos e feridos”, acrescentou.

A África do Sul tem uma das redes rodoviárias mais desenvolvidas do continente, mas é um dos países com pior desempenho no que respeita à segurança rodoviária.

Em maio, 13 pessoas morreram numa colisão entre um mini-táxi e um camião numa das principais estradas da região do Limpopo (Norte).

Em março, pouco antes do fim de semana da Páscoa, quase todos os passageiros de um autocarro que viajava do Botswana para a cidade de peregrinação de Moria, no Norte – 45 pessoas – morreram quando o veículo caiu do cimo de uma ponte perto de Mmamatlakala, na mesma província do Limpopo. Este acidente foi o mais mortífero do ano na África do Sul.

Em fevereiro, pelo menos nove apoiantes do Congresso Nacional Africano, o principal partido político do país, morreram num acidente de autocarro depois de terem participado num comício eleitoral no leste do país.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE