Economia

Accenture cria mais de 100 postos de trabalho em centro de tecnologia em Coimbra

Notícias de Coimbra com Lusa | 2 meses atrás em 27-02-2024

A multinacional Accenture inaugurou hoje um centro avançado de tecnologia em Coimbra, contando já com mais de 100 postos de trabalho criados e perspetivas de crescimento a “um ritmo acelerado” na cidade.

PUBLICIDADE

A consultora internacional, que tem também centros em Lisboa e Braga, conta com mais de 100 pessoas em Coimbra, e perspetivou que o centro de tecnologia avançada na cidade, situado na Torre Arnado, na Baixa, vá crescer a um ritmo acelerado, disse a presidente da Accenture Portugal, Manuela Vaz, que falava aos jornalistas no final da cerimónia de inauguração.

O centro em Coimbra arrancou em março de 2023, tendo a empresa optado por apostar naquela cidade por ser o local onde teria “todas as condições para criar mais um centro de excelência”, nomeadamente a existência de talento qualificado, aclarou a responsável.

PUBLICIDADE

publicidade

Questionada pela agência Lusa, Manuela Vaz admitiu que está “em cima da mesa” a criação, no futuro, de instalações próprias, referindo que a Accenture optou pela Torre Arnado para começar, mas à medida que o centro cresça, poderão ser encontradas outras soluções.

Durante a cerimónia de inauguração, a responsável dos centros avançados de tecnologia da Accenture em Portugal, Susana Mata, aclarou que 70% dos trabalhadores em Coimbra têm formação na Universidade de Coimbra e 23% vieram dos centros já existentes em Lisboa e Braga.

PUBLICIDADE

Todos os trabalhadores do centro têm, no mínimo, licenciatura e 62% têm mestrado, referiu, realçando que, em Coimbra, 51% dos funcionários são do sexo feminino, algo que não é normal no setor das tecnologias.

Susana Mata, que estudou em Coimbra, afirmou que espera que o centro “dê oportunidades a pessoas” como ela, que acabaram o curso na cidade e que gostariam de ter ficado no concelho, mas que não encontraram “oportunidades para ficar”.

O presidente da Câmara de Coimbra, José Manuel Silva, destacou a capacidade da cidade de atrair “mais uma grande multinacional” para o concelho.

“Coimbra tem tudo”, salientou, considerando que faltava uma postura proativa na atração de investimento, “abrir-se ao mundo e mostrar toda a sua capacidade”.

Também presente na cerimónia, o presidente da Câmara de Braga, Ricardo Rio, recordou que a Accenture chegou ao seu concelho em 2017, após o município ter iniciado uma política de atração de investimento, passando de 100 colaboradores nesse primeiro ano para cerca de 700, de momento.

Ricardo Rio congratulou-se por ver “Coimbra a trilhar agora o mesmo caminho” feito no passado por Braga, considerando que a cidade tem “imenso potencial”.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE