Polícias

Acatamento das regras de circulação é “praticamente total” em Coimbra

Notícias de Coimbra | 4 anos atrás em 09-04-2020

-O acatamento das regras de circulação impostas devido à covid-19 em Coimbra tem sido “praticamente total”, afirmou hoje a comandante do Destacamento de Trânsito do distrito.

PUBLICIDADE

“De forma geral, o acatamento [das limitações à circulação] tem sido praticamente total, felizmente”, disse a comandante do Destacamento de Trânsito da GNR de Coimbra, Lígia Santos, que falava à comunicação social junto à saída Coimbra Norte da A1, onde os militares procediam à fiscalização.

A PSP e GNR começaram às 00:00 de hoje uma operação conjunta para garantir o cumprimento das regras mais apertadas de circulação durante o período da Páscoa e previstas no estado de emergência devido à covid-19.

PUBLICIDADE

publicidade

Segundo Lígia Santos, no dia de hoje e até às 16:30, ainda não tinha sido registada qualquer situação de um condutor “que circulasse fora das excecionalidades previstas”.

“Tivemos apenas uma situação de uma cidadã que circulava por motivos de trabalho, que não trazia consigo uma declaração da entidade patronal, mas acabou por fazer prova através do telefone”, explicou.

PUBLICIDADE

De acordo com a comandante do Destacamento de Trânsito, a grande maioria das pessoas que têm sido fiscalizadas pela GNR na região de Coimbra “circulam por motivos de trabalho, estando devidamente documentados com a declaração que a lei obriga”.

Face ao estado de emergência, Lígia Santos referiu que se nota também “uma grande diminuição do trânsito” que seria expectável para uma época de Páscoa normal.

“É sinal de que a sociedade está sensibilizada”, vincou.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 1,5 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram quase 89 mil.

Em Portugal, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 409 mortes e 13.956 casos de infeções confirmados. A situação é mais preocupante a Norte, com nove concelhos, entre os dez com maior número de casos confirmados.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE