Conecte-se connosco

Académica

Académica perde e lidera liga dos últimos (com vídeos)

Publicado

em

A Académica perdeu hoje na receção ao Vilafranquense por 2-1, na sexta jornada da II Liga de futebol, continuando sem vencer no campeonato e afundando-se no último lugar, ao contrário do adversário, que saiu da ‘zona vermelha’.

A ‘briosa’ até foi a primeira equipa a marcar, aos 20 minutos, por Toro, mas a formação ribatejana operou a reviravolta com golos de Mike e Nené, aos 30 e 73, respetivamente.

Numa partida entre os dois últimos classificados, a Académica iniciou ao ataque e aos oito minutos Fábio Vianna ficou perto do golo, num remate de fora de área que levou a bola à trave, depois de desviar no corpo de um jogador contrário.

Os ‘estudantes’ acabaram por inaugurar o marcador aos 20 minutos, num cabeceamento de Toro, a culminar um cruzamento de Traquina para a área, depois de um bom trabalho individual junto à linha de fundo.

Quatro minutos depois, João Carlos poderia ter aumentando a vantagem, depois de o guarda-redes Luís Ribeiro falhar o pontapé na bola, mas o remate do avançado brasileiro saiu às malhas laterais.

O Vilafranquense chegou ao empate aos 30 minutos, na sequência de um livre indireto. Jaquité cruzou para a área e Mike, ex-jogador dos ‘estudantes’, cabeceou para golo.

A ‘briosa’ intensificou a pressão e, aos 36 minutos, beneficiou de uma grande oportunidade, numa jogada que começou em Costinha e passou por João Carlos, que não conseguiu desfeitear o guarda-redes adversário. A bola sobrou para Toro, que, no coração da área, ainda rematou, com a bola a ser afastada em cima da linha de golo.

Numa segunda metade sem grandes oportunidades de golo, a equipa ribatejana consumou a reviravolta num cabeceamento de Nené, aos 73 minutos, numa altura em que os anfitriões jogavam em inferioridade numérica, devido à expulsão de Dias, aos 63.

A Académica tentou por todas as formas chegar à igualdade, mas o resultado manteve-se inalterado até ao apito final do árbitro João Casegas, de Viseu, que aos 90+5 ainda expulsou Filipe Melo, com a amostragem do segundo amarelo, após um desentendimento com Hugo Seco.

Com este resultado, a ‘briosa’ ocupa a última posição, com apenas dois pontos, enquanto o Vilafranquense sobe para o 14.º posto da tabela classificativa.

Jogo no Estádio Cidade de Coimbra.

Académica – Vilafranquense 1-2.

Ao intervalo: 1-1.

Marcadores:

1-0, Toro, 20 minutos.

1-1, Mike, 30.

1-2, Nené, 73.

Equipas:

– Académica: Mika, Guilherme (Hugo Seco, 61), Michael Douglas, Lorenzo Soares, Fábio Vianna, Dias, Christian, Toro (Reko, 69), Traquina, Costinha (Dani, 77) e João Carlos.

(Suplentes: Stojkovic, David Sualehe, Mimito, Dani, João Lucas, Michel Lima, Reko, Justiniano e Hugo Seco).

Treinador: Rui Borges.

– Vilafranquense: Luís Ribeiro, Mike, Simão Jr. (Belkheir, 46), Valente, Veiga, Filipe Melo, Dioh, Bernardo (Umaro Balde, 72), Jaquité (Mendy, 46), Nené (Bizet, 90+1) e Fati (Gabriel Pereira, 88).

(Suplentes: Adriano Facchini, Sousa, Gabriel Pereira, Mendy, Umaro Baldé, Belkheir, Leonardo, Bizet e André Dias).

Treinador: Filipe Gouveia.

Árbitro: João Casegas (AF Viseu).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Guilherme (14), Jaquité (34), Dias (41 e 63), Nené (45), Filipe Melo (66 e 90+5), Fábio Vianna (67), Belkheir (82), Reco (86) e Veiga (90+6). Cartão vermelho por acumulação de amarelos para Dias (63) e Filipe Melo (90+5).

Assistência: 1.095 espetadores.

Veja os diretos NDC com os dois treinadores:

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade