Conecte-se connosco

Académica

Académica/OAF: Segunda jornada à porta fechada contra “equipa de raça” (com video)

Publicado

em

A Académica enfrenta amanhã uma “equipa de raça com muita qualidade individual e jogadores rápidos e fortes no processo ofensivo” na segunda jornada na II Liga de Futebol, a partir das 11:00, no Estádio Sérgio Conceição, em Coimbra. O treinador da académica disse hoje que espera “um jogo difícil” mas toda a equipa da Briosa está preparada para entrar em campo frente ao Varzim, uma semana depois da derrota pesada com o Rio Ave.

Rui Borges admite que “o jogo passado teve muitos erros individuais e um resultado ruinoso, que não condiz em nada com a equipa e não faz do Rio Ave uma super equipa”.

“Ficou pouca gente da época passada” e realizaram-se “menos treinos do que no ano passado” no segundo jogo da época, recordou o treinador da académica durante a conferência de Imprensa de antevisão realizada hoje.  “Estávamos melhor no ano passado mas tínhamos mais tempo de trabalho” – sublinhou reiterando: jogadores “têm de estar todos preparados para jogar”.

A Académica recebe o Varzim no Estádio Municipal Sérgio Conceição, em Coimbra, devido à substituição do relvado do Estádio Cidade de Coimbra, confirmou a Liga Portugal.

A partida, que vai decorrer à porta fechada, devido ao castigo aplicado pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, face aos incidentes ocorridos a 13 de julho de 2019, num jogo particular com o Benfica.

O Estádio Cidade de Coimbra está impossibilitado de receber jogos devido à substituição do relvado, que ficou danificado após os dois concertos do tenor italiano Andrea Bocelli, realizados em 25 e 26 de junho. A intervenção iniciada no final da semana passada deverá prolongar-se por duas semanas, segundo o município de Coimbra, proprietário do estádio.

A ‘briosa’ foi goleada na ronda inaugural por 5-1 na deslocação ao Rio Ave, na semana passada.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade