Conecte-se connosco

Economia

Oficial: Académica falida sonha com plano de recuperação

Publicado

em

A Direção da Associação Académica de Coimbra-Organismo Autónomo de Futebol (AAC-OAF) acaba de emitir um comunicado para informar que na passada sexta-feira, 23 de setembro, anunciou aos seus sócios, em Assembleia Geral (onde não deixou entrar a comunicação social), o primeiro passo para a reestruturação da AAC-OAF, SDUQ.

Em virtude do incumprimento generalizado de pagamentos ao Estado, trabalhadores e fornecedores, que se verifica desde janeiro de 2022, a AAC-OAF, SDUQ está legalmente impelida a apresentar a insolvência, obrigação que respeitará através de um plano de recuperação.

A AAC-OAF, SDUQ apresenta dívidas vencidas superiores a 5.600.000€ (cinco milhões e seiscentos mil euros), sendo cerca de 1.900.000€ (um milhão e novecentos mil euros) ao Estado, 325.000€ (trezentos e vinte cinco mil euros) a trabalhadores e 300.000€ (trezentos mil euros) à banca. E há um valor de incumprimento a rondar os 3.100.000€ (três milhões e cem mil euros) a fornecedores e prestadores de serviços.

Estes montantes são resultado de dívidas que se acumularam ao longo dos anos, sendo que se entrou em incumprimento generalizado no primeiro trimestre deste ano.

Do lado das receitas verificou-se que mais de 500.000€ (quinhentos mil euros) de rendas já tinham sido antecipadas, algumas até 2029 e 2032. Deste montante, 350.000€ (trezentos e cinquenta mil euros) são referentes a este triénio, dos quais 160.000€ (cento e sessenta mil euros) referentes a esta época desportiva.

A atual Direção tem cumprido com as suas obrigações, tendo pago todos os ordenados, impostos (incluindo o IVA referente a abril e maio de 2022, IRS e Segurança Social referentes a maio 2022) e contribuições que se venceram entre 15 de junho de 2022 e 25 de setembro de 2022.

Igualmente tem correspondido aos pagamentos dos acordos anteriormente estabelecidos, pelo sendo que as dívidas perante os credores não aumentaram desde o dia 15 de junho, descontando os juros de mora que estejam a ser aplicados.

Pagaram-se ainda mais de 250.000€ (duzentos e cinquenta mil euros) de ordenados em atraso, ação necessária para a inscrição da equipa na Federação e na Liga 3, e mais de 40.000€ (quarenta mil euros) para solucionar todas as situações que impossibilitavam a inscrição de jogadores. E muitos outros montantes conforme informado na AG de 30 de junho de 2022. O valor total de pagamentos desde a tomada de posse ascende a mais de 800.000€

O plano de recuperação, a ser apresentado brevemente, sendo aprovado em assembleia de credores, permitirá dilatar os prazos de pagamento das dívidas, suspender penhoras e execuções fiscais, assim como os processos judiciais instaurados ao longo dos últimos anos. Esta iniciativa garantirá maior previsibilidade do lado da despesa e permitirá que a AAC-OAF possa cumprir com os termos do plano de recuperação que venha a ser definido.

É importante salientar que este processo não terá quaisquer consequências desportivas nem efeitos sobre o modelo societário que vier a ser definido pelos sócios no momento de discussão da SAD.

Durante o período em que o plano de reestruturação estiver em vigor, a AAC-OAF, SDUQ continuará a disputar as competições em que estiver inserida, bem como a sua gestão se manterá da integral responsabilidade da Direção, cabendo ao administrador judicial fazer a supervisão dos atos.

O processo a atravessar pela AAC-OAF, SDUQ terá, nos próximos 3 a 5 meses, as seguintes etapas:

1. Declaração de insolvência e abertura de um prazo para a reclamação dos créditos pelos credores;

2. Assembleia de credores para análise do relatório do administrador nomeado pelo tribunal e votação para permitir a apresentação de um plano de recuperação;

3. Assembleia de credores para votar o plano de recuperação;

A aprovação deste plano, a que se atribui uma elevada probabilidade de sucesso, contribuirá decisivamente para a sustentabilidade da AAC-OAF, SDUQ.

Terminamos apelando a todos os sócios, adeptos e simpatizantes para que apoiem a Académica-OAF no momento mais complicado da sua história.

Coimbra, 25 de setembro de 2022

A Direção.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com