Região

A ponte: Edgar Cardoso na Figueira da Foz não encerra à noite. Até ver!  

Notícias de Coimbra | 1 ano atrás em 02-06-2023

A ponte Edgar Cardoso na Figueira da Foz, sobre o rio Mondego, que se encontra em obras, não vai encerrar no período noturno durante o mês de junho, anunciou hoje o executivo municipal.

PUBLICIDADE

Na sessão de câmara de hoje, no período antes da ordem do dia, o vereador Manuel Domingues referiu que a situação, transmitida pela Infraestruturas de Portugal, se deve a problemas relacionados com falta de material para os tirantes da ponte.

“A Ucrânia é o maior produtor de aço e estão a existir dificuldades em adquirir aço para aqueles tirantes”, adiantou o autarca, referindo que, em alternativa, vão avançar outro tipo de trabalhos na infraestrutura.

PUBLICIDADE

Estava previsto que, a partir de junho, as interrupções na travessia sobre a Ponte Edgar Cardoso ocorressem em cinco noites por semana, com início nas noites de domingo para segunda-feira e fim nas noites de quinta para sexta-feira.

Durante o dia e nas noites em que não há corte de circulação na ponte, mantém-se o condicionamento de uma via em cada sentido e limitação de velocidade.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

A Câmara Municipal da Figueira da Foz criou uma página de caráter informativo na rede social Facebook dedicada aos constrangimentos que decorrem das obras em curso na ponte Edgar Cardoso, sobretudo no período noturno.

“É dedicada exclusivamente à comunicação de eventuais antecipações da reabertura ao tráfego ou eventuais alterações às horas de reabertura ao tráfego naquela infraestrutura, decorrente da forma como os trabalhos noturnos se desenrolarem”, referiu o município.

A página é gerida pelo Câmara da Figueira da Foz, com base em informação disponibilizada pelas Infraestruturas de Portugal.

As obras na Ponte Edgar Cardoso, cujo investimento ascende a 16,8 milhões de euros, foram iniciadas no final de 2022 e têm um prazo de execução de 21 meses.

A Ponte da Figueira da Foz, como também é conhecida, projetada por Edgar Cardoso, foi a primeira ponte rodoviária com o tabuleiro ‘atirantado’ realizada em Portugal, tendo sido aberta ao tráfego em 1982.

A parte mais importante da obra será a substituição dos tirantes, mas a intervenção inclui também o reforço das vigas do tabuleiro e do sistema de fixação do tabuleiro, reabilitação dos aparelhos de apoio, decapagem e pintura geral do tabuleiro metálico e trabalhos complementares de pavimentação, iluminação, drenagem, juntas de dilatação, reparação e proteção de superfícies de betão.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE