Coimbra

A Mancha Negra

Notícias de Coimbra | 10 anos atrás em 21-05-2014

Sem Título

PUBLICIDADE

 

José Eduardo Simões foi ao Hotel D. Luís comemorar os dois anos da conquista da Taça de Portugal. Pelos vistos, o jantar serviu apenas de pretexto para apresentar um troféu que nunca foi dele

PUBLICIDADE

Com efeito, foi com muito espanto que vários sócios da Briosa viram o condenado a exibir no  Facebook da sua campanha uma suposta t-shirt da Mancha Negra, onde se podia ver na legenda  “José Eduardo Simões na companhia dos fundadores da Mancha Negra”.

E é assim, desta forma descarada que JES tenta de uma forma subliminar  fazer passar a mensagem que a Mancha Negra está com ele, o que, de acordo com o que é do conhecimento de todos, não corresponde à verdade.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

De resto, reza a história da briosa claque que apenas dois dos três “exibido”s são fundadores da Mancha Negra, que, por acaso, há muito que deixaram de pagar quotas e há muitos anos que não participam nas actividades da Mancha, ao contrário, por exemplo, de Rui Mário Oliveira, outro dos fundadores, que sempre teve as suas obrigações em dia e por isso é o sócio nº 1 da Mancha Negra e por isso é respeitado, reconhecido por todos e que até apoia Nuno Oliveira.

Quem vai ao Estádio sabe que os dois fundadores mostrados por JES há muito abandonaram o sector Ultra, onde o sócio nº 1 é visto em todos os jogos, mesmo concedendo o benefício da duvida a todos os arregimentados pelo condenado, a legenda certa seria …dois dos fundadores… e não “os fundadores” da Mancha Negra.

O aproveitamento que JES tentou fazer da imagem da Mancha Negra não está a ser bem visto, causando o protesto daqueles que sabem que o recandidato à presidência da direcção da AAC/OAF sempre viu mais a claque como um eventual rival do que como uma boa parceira.

Apesar de  JES não ter o bom senso de reconhecer a Mancha Negra como a grande embaixadora da Académica, indo ao ponto de durante a época fazer a vida negra à Briosa claque, o candidato não hesitou na hora de ter o desplante de utilizar a imagem da claque em beneficio da sua candidatura Académica Sempre, o  que até já nem espanta ninguém, pois já se sabe que o condenado por corrupção tem a esperteza de não olhar a meios para atingir os seus fins.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE