Crimes

Mata irmã e enterra corpo no jardim por causa de telemóvel

NOTÍCIAS DE COIMBRA | 8 meses atrás em 14-09-2023

Uma jovem, de 19 anos, que estava desaparecida há quase um mês, foi encontrada morta em casa, na tarde de 13 de setembro, em Peniche.

PUBLICIDADE

A vítima foi assassinada pela própria irmã, de 16 anos. O motivo prende-se por um “telemóvel que a vítima tinha escondido da irmã”, como dá conta o Correio da Manhã.

A Polícia Judiciária esclarece que o desaparecimento foi participado a 19 de agosto, no entanto, estava desaparecida desde dia 15. A autoridade iniciou diligências que culminaram, ontem à noite [13 de setembro] com a localização do corpo da desaparecida, num quadro de homicídio. A PJ esteve ontem,  dia 13 de setembro, na habitação, e falou com o pai e a menor.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

“Foi encontrado sangue no colchão” e a familiar confessou o crime e que teria enterrado o corpo no jardim de casa, acrescenta o jornal.

PUBLICIDADE

A autora do crime terá “lavado o interior da casa para ocultar pistas, e enterrado o corpo nas traseiras da residência em terreno arenoso”, adianta a PJ.

O corpo foi exumado e conduzido para o Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses para autópsia.

A detida vai ser presente às competentes Autoridades Judiciárias para primeiro interrogatório judicial e aplicação de adequadas medidas de coação.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE