800 operacionais combatem 10 incêndios na região de Coimbra

Notícias de Coimbra | 7 anos atrás em 12-08-2017

Atendendo à situação complexa relativa às ocorrências de incêndios rurais no distrito de Coimbra, entendeu a Comissão Distrital de Proteção Civil de Coimbra, na qualidade de órgão de coordenação em matéria de proteção civil distrital, proceder à ativação do Plano Distrital de Emergência e Proteção Civil de Coimbra, com efeito a partir das 18:30 de hoje, 12 de agosto de 2017.

PUBLICIDADE

20170812_194253

Encontram-se ativados os planos municipais de emergência de Miranda do Corvo, Cantanhede e Coimbra. O fogo “anda “a saltar de um lado para outro”. Registaram-se 10 ocorrências  nos concelhos de Coimbra, Cantanhede, Soure, Montemor-o-Velho, Figueira da Foz, Mealhada e Miranda do Corvo.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Há registo de incêndios em Adões (União de Freguesias de Trouxemil e Torre de Vilela) e Lordemão (União de Freguesias de Eiras e São Paulo de Frades);  Marujal, (União de Freguesias de Abrunheira, Verride e Vila Nova da Barca);  em Moutoro, (União de Fregueisias de Covões e Camarneira); Portulhos (Freguesia de Portunhos e Outil);Lagoas, São Frutuoso e Cabouco (Ceira), Palácio de São Marcos (Freguesia de São Silvestre); Valda (Gesteira e Brunhós), Semide, Paião, Carvalhosas (Torres do Mondego), Barcouço,  Andorinha, Vila Verde, Casais de Vera Cruz.

PUBLICIDADE

Jorge Alves, Vereador da Câmara de Coimbra faz o o ponto da situação em Coimbra, onde lavram vários incêndios.

Fogo cerca Palácio de São Marcos. Neste espaço da Universidade de Coimbra  decorre um casamento. Não foram evacuados, mas na Lamarosa, por precaução.250 convidados tiveram de sair mais cedo da boda

“Ardeu muita coisa” nas zonas de Vila Verde, Andorinha, Adarzubre, Casais de Vera Cruz, Casal do Bom Despacho, São Silvestre…

Vento “puxou o fogo” em Marujal, na União de Freguesias de Abrunheira, Verride e Vila Nova da Barca.

Às 21:30, estão, nos diversos teatros de operações, 797 operacionais  e 231  viaturas.

Encontram-se ativados os planos municipais de emergência de Miranda do Corvo, Cantanhede e Coimbra.

“O Plano Municipal de Emergência de Miranda do Corvo foi ativado às 18:00, devido ao incêndio de grandes dimensões que lavra na Freguesia de Semide e que coloca em risco diversas habitações nas aldeias de Canas, Chãs, Vale de Colmeias, Cimo de Vila e Lata”, indica a autarquia, em comunicado.

Segundo a GNR, o fogo teve origem na freguesia de Torres do Mondego (concelho de Coimbra), estando cortada nos dois sentidos a Estrada Nacional 17 (Estrada da Beira), entre Ceira e São Frutuoso.

20170812_173313

Mais de 70 incêndios deflagraram apenas em três horas da tarde de hoje em vários locais do norte e centro do país.

O sistema de comunicações de emergência, o SIRESP, registou “falhas pontuais”, mas sem afetar as operações, disse a Protecção Civil.

Related Images:

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE