Portugal

8 conselhos para acabar com os problemas de Wi-Fi em casa

NOTÍCIAS DE COIMBRA | 4 semanas atrás em 20-06-2024

Uma rede doméstica Wi-Fi com cobertura ou velocidade fraca pode representar vários problemas para os seus utilizadores. Quer seja necessário ligar-se à internet para trabalho ou lazer, um bom sinal deve conseguir alcançar as principais divisões da casa, de forma estável e rápida.

PUBLICIDADE

Saiba que medidas adotar para mitigar os problemas, de acordo com a DECO PROteste:

1-Avalie o desempenho da Internet: para verificar qual é a velocidade da internet de sua casa, e se corresponde à que foi contratada, comece por medi-la. Pode fazê-lo por Wi-Fi desde que esteja junto ao router e use a frequência de 5 GHz. Contudo, é mais fiável se estiver ligado através de um cabo. Precisa de um cabo Ethernet e um computador (portátil ou desktop) relativamente recente com uma porta Ethernet.

PUBLICIDADE

2-Router num local adequado: o posicionamento é um fator importante para o desempenho da rede. Deve estar colocado num local em que o sinal possa cobrir a maior parte das divisões. Evite paredes e superfícies refletivas, mantenha o router livre de dispositivos eletrónicos.

3-Tecnologias mais recentes: oferecem velocidades superiores de download e upload, bem como maior alcance em comparação com tecnologias Wi-Fi mais antigas. A próxima tecnologia, que já existe nalguns telemóveis e computadores, é a Wi-Fi 7 (802.11be).

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

4-Altere o canal Wi-Fi: Cada banda de frequência do sinal Wi-Fi é dividida em diferentes canais. Se muitos utilizadores estiverem a usar o mesmo canal, este fica congestionado, e a velocidade pode ser afetada.

5-Use as configurações QoS do router: Alguns dos routers mais recentes incluem ferramentas de Qualidade de Serviço (ou QoS — Quality of Service), que dão prioridade ao tráfego para determinados dispositivos ou aplicações. Isto impede que alguns dispositivos diminuam a velocidade de toda a sua rede wi-fi. As ferramentas de QoS podem ser encontradas em configurações avançadas na interface de administrador da rede.

6-Opte por tomadas de rede e junte-lhes pontos de acesso Wi-Fi: Se a sua residência é posterior a 2005, deverá ter tomadas de rede na sala e nos quartos. Estas tomadas estão ligadas ao seu armário de telecomunicações individual (ATI) através de cabos de rede e são a melhor forma de levar a internet em perfeitas condições a todas as divisões da habitação. Precisa apenas de instalar o router junto ao seu ATI e ligar os cabos de rede das respetivas tomadas às portas Ethernet do router, explica.

7-Compre um repetidor ou um extensor de Wi-Fi: recebem o sinal existente e transmitem-no como uma nova rede. Esta nova rede é apenas uma extensão da rede principal, e todos os dados que passam por esta nova rede também passam pela rede principal.

Já os extensores são semelhantes, mas também amplificam o sinal existente antes de transmiti-lo para criar uma segunda rede. Como os extensores de Wi-Fi tendem a ter maior alcance do que os repetidores de Wi-Fi, os primeiros são mais indicados para quando o sinal original é muito fraco. Um bom repetidor ou extensor pode custar menos de 50 euros e pode ser instalado em poucos minutos por qualquer pessoa.

8-Recorra a um sistema Wi-Fi Mesh: é uma tecnologia de redes sem fio que utiliza uma topologia de malha onde o router e um ou vários dispositivos estão interconectados, agindo como uma única rede sem fio com vários pontos de acesso espalhados pela área coberta (com o mesmo nome de rede e palavra-passe). O objetivo da tecnologia é aumentar a cobertura da rede sem perda significativa na qualidade do sinal.

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE