Conecte-se connosco

Coimbra

Presidente dos afectos distribuiu beijos e abraços na AAC

Publicado

em

O Presidente da República esteve hoje, 17 de abril, em Coimbra nas comemorações do 17 de Abril de 1969, a convite da Associação Académica de Coimbra (AAC).

IMG_4166

Marcelo Rebelo de Sousa chegou ao edifício da AAC no final do jogo de futebol Académica  1 – Belenenses 1.

O Presidente da República fez questão de visitar  Secções Culturais e Desportivas e Núcleos de Estudantes e de cumprimentar os estudantes, atletas e dirigentes que o esperavam na “casa” e nos “jardins”.

O ilustre visitante teve  direito a música oferecida pelo Grupo de Fados Insígnia e pelas Fans.

Seguiu depois a pé  em direcção à Rua Castro Matoso para visitar a República dos Fantasmas (uma das Repúblicas de Coimbra que atravessa graves dificuldades fruto do Novo Regime do Arrendamento Urbano), mas sobre o que se passou na residência estudantil não podemos contar nada, porque o protocolo entendeu não deixar entrar os jornalistas.

Depois de ter “visto os Fantasmas”, Marcelo Rebelo Sousa, sempre  a “100 à hora”, subiu as Escadas Monumentais. A meio do percurso foi interpelado por um cidadão, com quem conversou durante alguns minutos.

IMG_4428

Rumou de seguida para “as Matemáticas”, mas precisamente para a Sala 17 de Abril, o local onde em 1969 Alberto Martins, na qualidade de presidente da AAC, pediu a palavra para ser ouvido pelo então Presidente da Republica Américo Thomaz.

Neste 17 de abril de 2016, o Magnífico Reitor da Universidade de Coimbra, João Gabriel Silva, o Magnífico Reitor da Universidade de Coimbra e Sócio Honorário da Associação Académica de Coimbra, Rui de Alarcão, o Presidente da Associação Académica de Coimbra de 1969, Alberto Martins e o actual Presidente da AAC, José Dias, não precisaram de licença para usar da palavra na sessão evocativa da Crise Académica de 1969.

No final da sessão falou com os jornalistas dos media nacionais, muito mais interessados na “Crise do BPI” do que na Crise Académica de 69″, o que nos fez recordar os tempos em que o “Professor Marcelo” palpitava na TVI.

IMG_4512

Já passava das 1o da noite quando Marcelo Rebelo de Sousa começou a jantar Carne de Porco à Portuguesa. Foi na Residência Universitária da Alegria, onde partilhou a mesa com os residentes, o Reitor da UC e a Administradora dos SASUC.

O momento pretendeu dar a conhecer as condições vividas por muitos estudantes universitários e salientar a importância do reforço da Ação Social Indireta na garantia de condições de subsistência para os estudantes no Ensino Superior.

 CLIQUE AQUI PARA VER MAIS FOTOGRAFIAS E VÍDEOS

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade