Diário dos Diários

Diário das Beiras do Brazil

Notícias de Coimbra | 10 anos atrás em 25-07-2014

O diário As Beiras continua sem encontrar o melhor caminho para chegar à liderança da imprensa diária em Coimbra. E esteve lá tão perto…no século XX.

PUBLICIDADE

Depois de há uns meses ter saído da Associação Portuguesa para o Controlo  de Tiragem e  Circulação (de Jornais e Revistas), altura em que vendia cerca de 300 jornais em banca, tem andado por atalhos para chegar a nº 1.

Primeiro, decidiu entrar permanentemente em “saldos”, ao “vender” uma assinatura do jornal em PDF pela módica quantia de 25 Euros, uma verdadeira “pechincha”, mas que a curto prazo acabará com as assinaturas do periódico em papel, pois essa custa mais, muito mais.

PUBLICIDADE

publicidade

Pelo meio, enveredou pela venda de “assinaturas em bloco” (a preços de amigo próximo) a algumas instituições da cidade mais desejosas de terem uma imprensa amiga. Em termos estatísticos o “negócio” pode permitir angariar uma maior quantidade de assinantes, mas nunca oferecerá um aumento exponencial do numero de leitores, pela simples razão de que uma parte muito significativa dos eventuais leitores nem sequer abre o mail fornecido pela organização que lhes quer oferecer o jornal, periódico que chegou a a colocar na capa números que não chegou a atingir,  pois um dos eventuais aderentes descobriu a tempo que a legislação que protege os dados  pessoais não o autorizava a ceder os endereços electrónicos do seus membros.

Recentemente, o diário da família Teixeira apostou em ganhar fãs no Facebook. E conseguiu ter mais “gostos”. Mereciam os parabéns, mas não é caso para isso, pois 22, 6% dos alegados “amigos” chegam do “Brazil”.

PUBLICIDADE

Assim, de repente, 10 580 dos 46 103 “gostos” são brasileiros!

Como é possível?  Coisa de Copa do Mundo? Não é isso, não.

É muito simples,como diria um pretérito prefeito de Coimbra:

Está visto que utilizaram a mesma táctica do último candidato do CDS à Câmara Municipal de Coimbra, que consegui mais amigos na Turquia  do que em Portugal.

É tudo uma questão de “grana”.  Até tem “gurus” do social media fazendo essa “sacanagem”. É a chamada compra em pacote para tuga ver.   Ou em português do Brasil, “pácotão”. Claro que não é crime. Só “compra”  quem quer.

O concorrente Diário de Coimbra apresenta números  globais idênticos aos que são apresentados por As Beiras, mas apenas 2,7% dos seus “likes” têm origem no país irmão.

LIKE?

Opinião | Fernando Moura | O Sexo e  a Cidade

diário as beiras

diário as beiras dc

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE