Coimbra

10 boas razões para sair de casa este fim de semana em Coimbra. E sem pagar nada

António Alves | 4 meses atrás em 22-03-2024

O bom tempo previsto para este fim de semana em Coimbra é um convite para uma caminhada pela cidade e, ao mesmo tempo, aproveitar as iniciativas com entrada gratuita.

PUBLICIDADE

Este é o quarto fim de semana do mês de março. E, como acontece mensalmente, todos os espaços culturais do município de Coimbra têm entrada gratuita.

Na Galeria Pinho Dinis da Casa Municipal da Cultura, pode conhecer “O Mundo em Várias Escalas”. Trata-se de uma mostra que reúne uma seleção de 30 mapas, do século XVIII, ilustrativos do espaço ibero-americano, pertença da coleção de cartografia da Biblioteca Municipal de Coimbra.

PUBLICIDADE

No edifício da rua Pedro Monteiro, tem a oportunidade de saber alguns registos (da palavra e da música) que a censura tentou silenciar durante o Estado Novo. “Ditadura, Revolução, Democracia – 25 de Abril” é o nome da mostra dinamizada e gerida pela Rede Intermunicipal de Bibliotecas da Região de Coimbra.

Na Praça 8 de Maio, tem duas propostas. Durante a manhã, vendedeiras ambulantes vão colocar os tabuleiros colocados em linha, forrados com toalhas e carregados de arrufadas, a apregoar a venda de Arrufadas. A Festa da Arrufada é promovida pelo Grupo Folclórico da Região de Coimbra.

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE

publicidade

Ao longo do dia, o largo em frente à Igreja de Santa Cruz e a rua Visconde da Luz acolhe mais uma edição da Feira das Velharias. Os visitantes poderão apreciar e adquirir objetos relacionados com os mais diversos setores de atividade, que vão desde peças de cerâmica, joalharia, ourivesaria, latoaria e variadíssimos utensílios domésticos. 

Na Praça do Comércio, e durante os dois dias do fim de semana, os mais novos e famílias podem desfrutar da iniciativa “Coimbra Doce”. Baloiços, insufláveis, carrinhos de choque, um carrossel, um xadrez gigante, matraquilhos humanos, pinturas faciais, caça aos ovos, jogos interativos, workshops infantis e muitas outras atividades estão previstas no recinto.

Se gosta de música, pode deslocar-se no domingo à Igreja da Rainha Santa Isabel. Neste local, e por ocasião dos 412 anos da 1.ª abertura do túmulo da Rainha Santa Isabel, tem lugar um concerto com a Orquestra Clássica do Centro sob a direção do maestro Sergio Alapont e a participação da soprano Marina Pacheco.

Conheça as nossas propostas para o fim de semana

Sábado

09:00 – Feira das Velharias na Praça 8 de Maio e rua Visconde da Luz. Encerra às 18:00.

09:00 – Festa da Arrufada do Grupo Etnográfico da Região de Coimbra na Praça 8 de Maio. Até às 13:00.

10:00 – “Coimbra Doce” na Praça do Comércio. Encerra às 22:00.

10:00 – “O tratador de dragões invisíveis” no Edifício Chiado do Museu Municipal de Coimbra. Encerra às 13:00 e reabre entre as 14:00 e as 18:00.

10:00 – “Artbag: ceci n’est pas une boîte-en-valise ou a possibilidade de ser” na Galeria Almedina. Encerra às 13:00 e reabre entre as 14:00 e as 18:00.

13:30 – “O Mundo em Várias Escalas” na Galeria Pinho Dinis da Casa Municipal da Cultura. Encerra às 19:30.

13:30 – “Ditadura, Revolução, Democracia – 25 de Abril” na Biblioteca Municipal de Coimbra. Encerra às 19:30.

15:30 – “A Arte pela não Violência e pela Paz” no Pavilhão Centro de Portugal. Encerra às 19:30.

16:30 – Visita guiada à exposição “Fernando Lanhas — Sabe o que não sabes” no Centro de Artes Visuais com Miguel von Hafe Pérez (curador e programador do CAV).

Domingo

10:00 – “Coimbra Doce” na Praça do Comércio. Encerra às 22:00.

17:00 – Concerto pela Orquestra Clássica do Centro na Igreja da Rainha Santa Isabel por ocasião dos 412 anos da 1.ª abertura do túmulo da Rainha Santa Isabel

Related Images:

PUBLICIDADE

publicidade

PUBLICIDADE