Conecte-se connosco

Coimbra

Simulacro testa resposta em caso de fogo nos Hospitais da Universidade de Coimbra (com vídeos)

Publicado

em

Eram 16:30 desta sexta-feira quando o alerta foi dado. Um incêndio nas oficinas técnicas do Serviço de Instalações e Equipamentos, no piso -4 dos Hospitais da Universidade de Coimbra (HUC) fez dois feridos, um deles inconsciente. Este foi o cenário de um exercício que serviu para testar a capacidade de resposta dos meios de socorro.

Em poucos minutos meios dos Bombeiros Voluntários de Coimbra e de Brasfemes assim como dos Sapadores e da PSP chegaram ao local. “Demorámos 38 minutos a dar a situação por resolvida”, afirmou Paulo Palrilha, comandante da corporação de Sapadores que assumiu a coordenação das operações.

A prioridade foi assistir, estabilizar e transportar os feridos. Depois a extinção do incêndio, seguida pela extração de fumos e vistoria ao local. Ao todo 26 elementos e oito viaturas desdobraram-se em operações com o intuito de repor a normalidade e minimizar os danos.

O simulacro foi realizado “como se fossem duas da manhã, esse é um horário que preocupa porque há menos meios disponíveis do que durante o dia”, explicou Adelino Besteiro, coordenador de segurança do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC). O objetivo, acrescentou, foi aferir o “tempo de resposta” e as “fragilidades”.

Segundo Carlos Santos, presidente do Conselho de Administração do CHUC, o exercício permitiu “consolidar e testar os planos de emergência interna”. O responsável agradeceu o envolvimento de todas as entidades e sustentou que “todas as vertentes responderam em prontidão”.

No briefing entre todos os envolvidos, que ocorreu no final do simulacro, foram evidenciados alguns aspetos a melhorar, nomeadamente o acionamento da Viatura Médica de Emergência e Reanimação para acompanhar uma das vítimas, que não foi efetuado, e uma mais rápida comunicação para a não utilização dos elevadores. “Estes aspetos permitem-nos melhorar o nosso sistema de segurança interna”, defendeu Carlos Santos.

Este foi o primeiro de cinco simulacros a realizar no CHUC durante o mês de dezembro. O próximo está previsto para o dia 15, no Hospital Pediátrico, segue-se a 18 na Maternidade Bissaya Barreto, a 22 no Hospital Geral e a 28 no Hospital Sobral Cid, onde vai ser evacuada uma ala inteira.

 

Veja o direto NDC com o início do simulacro:

Veja o direto NDC com o simulacro:

Veja o balanço do exercício feito pelos responsáveis dos HUC:

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link