Conecte-se connosco

Desporto

Rali de Portugal: Rovanperä chega à última especial com nove segundos de avanço

Publicado

em

O piloto finlandês Kalle Rovanperä (Toyota Yaris) chegou à última especial da 55.ª edição do Rali de Portugal com uma liderança de nove segundos face ao britânico Elfyn Evans (Toyota Yaris).

O finlandês, que chegou para este derradeiro dia de prova com uma vantagem de 5,7 segundos, entrou ao ataque e ganhou tempo a Evans nos dois primeiros dos cinco troços previstos, em Felgueiras 1 e Montim, chegando à primeira passagem por Fafe com 8,5 segundos de vantagem.

No entanto, o piloto britânico respondeu e recuperou 1,9 segundos.

Foi ‘sol de pouca dura’, pois, na segunda passagem por Felgueiras, Rovanperä, líder do Mundial à partida desta quarta ronda do campeonato, venceu e recuperou 2,4 segundos a Evans.

Também a luta pelo terceiro lugar tem estado ao rubro, com o japonês Takamoto Katsuta (Toyota Yaris) a aguentar o degrau mais baixo do pódio dos ataques do espanhol Dani Sordo (Hyundai i20).

O piloto nipónico começou o dia com 5,7 segundos de vantagem, mas as primeiras especiais da manhã permitiram a aproximação de Sordo, que chegou ao final de Fafe 1 com 0,8 segundos de atraso para Takamoto.

No entanto, o homem da Toyota respondeu na segunda passagem por Felgueiras e chega à derradeira especial, que conta como ‘power stage’ (distribui 15 pontos extra pelos cinco mais rápidos) com o terceiro lugar seguro por 2,2 segundos.

Entre os portugueses, Armindo Araújo (Skoda Fábia) mantém-se como o melhor representante nacional, com 16,7 segundos de vantagem sobre Ricardo Teodósio (Hyundai i20), campeão nacional em título.

A segunda passagem por Fafe, a partir das 12:18 horas, encerra a 55.ª edição do Rali de Portugal.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link