Conecte-se connosco

Coimbra

Mais de um milhão de euros para fazer a Queima das Fitas de Coimbra (com vídeos)

Publicado

em

A Queima das Fitas de Coimbra que começa esta quinta-feira, à meia noite, com a Monumental Serenata, tem, este ano, um orçamento de um milhão e cem mil euros. O valor foi revelado hoje por Carlos Missel, coordenador-geral do evento, na conferência de imprensa de apresentação do cartaz, que conta apenas com um nome internacional, o DJ Mandragora.

O palco principal, que adotou o nome do patrocinador Forum Coimbra, recebe Rony Fuego e Wet Bed Gang, no dia da abertura (sexta-feira, dia 22), no sábado LON3R Jonhny, Diogo Piçarra e Ana Malhoa sobem ao palco. Domingo é dia de Quim Barreiros e este ano também de Saul. A segunda-feira (25) é dedicada à secção de Fado da Associação Académica de Coimbra, já na terça-feira atuam T-Rex e Plutonio, quarta é a noite Mega Hits com Nenny e Julinho KSD, e, no dia seguinte Zanova, Karetus e o internacional DJ Mandragora, a fechar a festa (a 29) subirá ao palco Mountain Valley, Fernando Daniel e Chico da Tina.

“O orçamento é de um milhão e cem mil euros”, afirmou Carlos Missel, em conferência de imprensa que decorreu esta manhã no Forum Coimbra. “Apesar de haver um investimento em infraestruturas para a melhoria da qualidade do evento tentámos também reduzir a despesa e esse valor não será ultrapassado”,  garantiu.

Dinheiro é algo que não vai existir no recinto da Queima, já que os pagamentos serão todos feitos com uma pulseira Cashless de carregamento prévio, confirmou Carlos Missel.

“Com o cancelamento da Queima das Fitas 2020 e o reagendamento da Queima das Fitas 2021 sentimos uma grande importância na realização e construção deste cartaz devido ao facto de ser o regresso dos estudantes, depois de um ano de saudade, ao Parque da Canção”, disse Daniel Campolargo, coordenador técnico da produção do evento.  “Queremos que este regresso seja inesquecível”, rematou, falando de um cartaz composto maioritariamente por nomes nacionais mas com estilos musicais que vão desde o arnb, hip hop, música popular portuguesa, pop, sem esquecer o fado de Coimbra.

Os bilhetes gerais já estão à venda na Associação Académica de Coimbra. Informação sobre os acessos pontuais só será divulgada amanhã, segundo o corrdenador-geral da Queima das Fitas.

Veja o direto NDC com Carlos Missel, coordenador-geral da Queima das Fitas: 

Veja a conferência de imprensa de apresentação do cartaz: 

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link