Conecte-se connosco

Coimbra

IPN coordena a rede de incubação espacial da ESA alargada hoje a doze locais

Publicado

em

A Agência Espacial Portuguesa anunciou hoje a escolha de doze novas incubadoras de empresas que vão trabalhar na rede de incubação da Agência Espacial Europeia (ESA), passando de três para 15 em todo o país, incluindo o Instituto Pedro Nunes, em Coimbra, que coordena a rede.

O programa de incubação da Agência Espacial Europeia, desenvolvido em Portugal pela agência Portugal Space, que lançou em abril o concurso para novas incubadoras, apoia empresas emergentes que usem tecnologia espacial ou dados por satélite em setores fora do aeroespacial, como saúde, energia, transportes ou segurança.

A rede, que é agora também alargada às regiões autónomas, serve para pôr as empresas a trabalhar em conjunto, dá o capital inicial e acesso a financiamento e ajuda-as a fazer negócios internacionais com empresas de outros países.

O programa de incubação de empresas da Agência Espacial Europeia em Portugal, que existe desde 2014, já apoiou 30 projetos que usam tecnologia espacial para novos projetos, implicando um investimento de 2,5 milhões de euros, a criação de 100 empregos e um volume de negócios de cinco milhões de euros.

As novas incubadoras estão baseadas em Braga, Coimbra, Lisboa, Matosinhos, Aveiro, Porto, São João da Madeira, Covilhã, Faro, Évora, São Miguel, Santa Maria, Terceira e Funchal.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com