Conecte-se connosco

Coimbra

Hotéis e restaurantes estão a chegar ao fundo do poço (com vídeo)

Publicado

em

“Já nos cansámos desta situação, estamos com dois anos de covid-19, as empresas estão com muita dificuldade em sobreviver”, hotéis e restaurantes “estão a chegar ao fundo do poço com estas medidas”, diz a AHRESP – Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal.

Ao Notícias de Coimbra (NDC”, o presidente da delegação de Coimbra, José Madeira, afirmou, que as medidas anunciadas ontem pelo Governo “vão ser novamente um retroceder da situação, as pessoas já estão assustadas”.
“O mês de outubro foi melhor que julho, agosto, e setembro, o que não é normal, mas revela que as pessoas tinham confiança, um mês muito bom com turismo nacional e estrangeiro, rematou o dirigente que salientou que novembro “também estava razoável mas com estas medidas”, as coisas estão a recuar.

José Madeira reforça que o “Governo terá que olhar para estas atividades, empresas, porque sem elas não haverá turismo amanhã”, realçando que estas medidas “não convidam ninguém a sair de casa”.

“Estamos com muito receio do que vai acontecer”.

O líder da delegação de Coimbra da AHRESP acredita que “será o terceiro fim de ano perdido”para o setor.

Ao NDC, o dirigente disse que a Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal “irá reunir” com o Governo. Em causa estão as medidas no âmbito da covid-19, ontem divulgadas, entre as quais estão o uso obrigatório de máscara em todos os espaços fechados, certificado digital obrigatório no acesso a restaurantes bem como estabelecimentos turísticos e alojamento local e teste negativo obrigatório para todos os voos que cheguem a Portugal.

Estas medidas entram em vigor na próxima quarta-feira.

Veja o vídeo do Direto NDC com presidente da delegação de Coimbra da AHRESP:

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link