Conecte-se connosco

Mundo

Casal morre atingido por um raio em Angola

Publicado

em

Um casal morreu atingido por um raio, quando se encontravam em casa, no município de Camacupa, fenómeno que em 2021 matou na província angolana do Bié 37 pessoas e feriu 27 outras, informaram hoje os bombeiros.

Segundo o chefe de operações do Serviço de Proteção Civil e Bombeiros local, subinspetor bombeiro Vasco Chica, citado pela agência noticiosa angolana, Angop, o casal, ambos de 29 anos, morreram quando a casa foi atingida por uma descarga elétrica.

Vasco Chica, que procedia ao balanço das consequências das chuvas naquela região, no último fim de semana, disse que este é o segundo caso registado em menos de 15 dias.

O anterior foi registado no dia 22 de março passado, tendo mãe e filho morrido no município de Catabola, pelas mesmas causas.

O responsável sublinhou que várias localidades daquela província do centro de Angola têm sido afetadas por este fenómeno natural nos últimos tempos, provocando várias mortes.

Além das mortes, as chuvas causaram a destruição de residências e campos agrícolas em diversas regiões da província, avançou ainda o subinspetor bombeiro.

A província necessita de instalar perto de 2.000 para-raios e atualmente conta com apenas 50, instalados nas centralidades do Cuito, capital do Bié, e do município do Andulo, em alguns fogos habitacionais, instituições governamentais e em locais de maior concentração populacional, nomeadamente escolas, mercados e campos desportivos, de acordo com informações do serviço de bombeiros.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link