Conecte-se connosco

Coimbra

É até às 4 mas pode ficar até às 6 na Festa das Latas!

Publicado

em

Oficial: Licença da Festa das Latas é até às 4:00. Não oficial: Recinto encerra às 6:00.

img_1063

NDC informou em primeira mão e disse a verdade. Câmara Municipal de Coimbra (CMC) indeferiu  pedido dos estudantes para que a Praça da Canção tivesse licença para acolher a juventude até às 6 da manhã.

A 8 de outubro, Notícias de Coimbra tinha visto documentos  da autarquia (os que a CMC não nos deixa consultar) onde se pode constatar que o parecer emitido pela Divisão de Atendimento e Apoio aos Órgãos Municipais exige que os espectáculos vão ter de acabar às 4 da manhã.

latas

 

Dois dias depois, a 10 de Outubro, Manuel Machado fez mesmo questão de nos mostrar o despacho que confirmava que o licenciamento era mesmo até essa hora.

Na primeira noite da edição da latada constamos que, apesar de estarem no recinto vários elementos da Policia de Segurança Pública e da Polícia Municipal, os festejos decorreram ate às 6 da manhã. (O último grupo académico saiu do palco às 5 e a tenda/discoteca esteve a “bombar” até às 6.

Perante estes factos, quisemos obter uma declaração da CMC, que se limita a responder:

Não comentamos a questão. Mas podemos informar que os serviços municipais e demais entidades se encontram a acompanhar a Festa das Latas”.

Já não é a primeira vez que a CMC concede este tipo de licenças até às 4, mas depois, como tem visto que anda pela margem esquerda, o recinto tem estado aberto até às 6, altura em que a organização da Queima das Fitas ou da Festa das Latas manda “varrer o pessoal”.

Abordado por NDC quando no dia 7 de outubro, quando falava à comunicação social sobre o regulamento do Regulamento Municipal de Horários de Funcionamento dos Estabelecimentos Comerciais, o Presidente da Câmara Municipal de Coimbra afirmou que “há regras basilares que terão de ser respeitadas” e que em relação a situações anteriores há processos de contra ordenação a decorrer.

Ouça aqui:

Recordamos que as diversas organizações das festa da academia têm invocado que a produção eventos como a Festa das Latas e a Queima das Fitas só é viável se a Praça da Canção funcionar até às 6 horas.

Acrescentam que, cada vez mais, o público-alvo chega ao recinto muito depois das 24 horas. Foi o que aconteceu na última noite. Grande parte do público chegou ao recinto depois da 1:30.

Há quem atribua esta ocorrência ao facto da CMC permitir que alguns cafés, pastelarias e restaurantes da cidade, nomeadamente na zona da Portagem, estejam abertos até “muito tarde”, o que fará com que os jovens apenas atravessem a ponte de Santa Clara depois de se “aviarem” nessas casas.

briosa

Também é público e notório que nestas ocasiões a autarquia costuma dar “um desconto” ao horário praticado por estes estabelecimentos, que, na generalidade e durante o resto do ano, encerram muito antes das 24 horas.

De ano para ano, a CMC tem permitido que nestas épocas espciais os estabelecimentos funcionem de acordo com o horário das festas. Também faz parte da tradição municipal que esse prolongamento de horário seja autorizado umas semanas depois da festejos.

Regista-se que há cafés, bares e restaurantes que transformam os seus espaço em “discotecas”. Até a bucólica Pastelaria Briosa aderiu a esta moda de misturar música em “altos berros” com shots e finos a “preço de estudante”.

Declaração de interesses: NDC defende que o “Queimódromo” deve funcionar até de manhã. Quanto mais tarde os estudantes saírem do recinto, menos incomodam no resto da cidade. Também advoga que a “discoteca” instalada na tenda não necessita de ter o som com o volume tão elevado e que os grupos da academia devem estar em palco até ao fim de cada noite.

Continuar a ler
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
close-link
close-link